01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES PROMOÇÃO DA SAÚDE
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/77
Tipo: Dissertação
Título: A Síndrome de Burnout em professores universitários
Autor(es): BARBOSA, Andrea Loly Kraft Horta
Primeiro Orientador: CORTEZ, Lucia Elaine Ranieri
metadata.dc.contributor.advisor-co1: MACUCH, Regiane da Silva
Abstract: As universidades estão em um contexto de evolução e globalização e o cenário do trabalho docente tem mudado constantemente; a exigência em relação aos docentes tem aumentado muito, as instituições buscam professores qualificados e polivalentes para exercerem funções de acordo com as demandas específicas de cada curso de formação. Portanto, nos dias de hoje o docente necessita estar atento a todos os ditames do processo global para conseguir acompanhar o contexto contemporâneo, podendo ficar vulnerável e desenvolver a síndrome de Burnout. Essa síndrome é considerada um tipo de estresse duradouro ligado às condições de trabalho, decorrente da repetitiva e constante pressão emocional associada ao excessivo envolvimento com pessoas por longos períodos de tempo. O Burnout em docentes interfere no ambiente educacional e nos objetivos pedagógicos, levando esses profissionais a um processo de exaustão emocional e física, desumanização e apatia, ocasionando problemas de saúde, absenteísmo e intenção de abandono da profissão. Pesquisas, acerca de como o processo de Burnout se desenvolve e quais são os fatores que desencadeiam o fenômeno, colaboram para o conhecimento, prevenção e promoção do bem-estar biopsicossocial dos docentes, contribuindo para melhor qualidade de ensino. Desta forma, esta dissertação objetivou analisar a síndrome de Burnout e sua percepção entre os professores universitários. Trata-se de um estudo do tipo descritivo quali-quantitativo, cuja amostra foi composta por aproximadamente 141 docentes. O projeto teve início após a aprovação no Comitê de Ética e Pesquisa do UniCesumar. Participaram da pesquisa professores de ensino superior de escolas privadas, que responderam um questionário autoaplicável, que contemplava dados sociodemográficos, hábitos de vida, atividade docente, bem como a Escala de Caracterização do Burnout–ECB. Para a linha norteadora do estudo descritivo e qualitativo optou-se por um estudo de natureza exploratória, utilizando-se o procedimento da entrevista. Pôde-se verificar que os docentes mostram índices moderados quanto às dimensões exaustão, desumanização e decepção emocional, sinalizando um processo de Burnout em curso. Pôde-se verificar a correlação positiva entre o maior tempo de trabalho docente e o aparecimento de sintomatologia associada ao Burnout, evidenciando as dimensões exaustão e decepção nos mais inexperientes e a dimensão desumanização nos professores com maior tempo de docência. Destaca-se a importância da realização de novas pesquisas com outros delineamentos e variáveis para aumentar o conhecimento sobre o Burnout, bem como estratégias de enfrentamento para serem utilizadas por estes professores, favorecendo, desta forma, a promoção da saúde docente.
Palavras-chave: Burnout
Docentes
Instituições de Ensino Superio
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/77
Data do documento: 1-Fev-2016
Aparece nas coleções:PROMOÇÃO DA SAÚDE

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ANDREA-LOLY-KRAFT-HORTA-BARBOSA.pdfDissertação1.16 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.