EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica IV EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (19 a 22 de Outubro de 2005)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7629
Tipo: Artigo
Título: AVALIAÇÃO DA COBERTURA DA VACINA CONTRA GRIPE Haemophilus Influenza EM INDIVIDUOS ACIMA DE 60 ANOS DE IDADE
Autor(es): SANCHES, Wesley Rodrigues
BOTTI, Maria Luciana Botti
PATRONI, Sandra Magda Saches
Resumo: A gripe apesar de ser uma doença benigna e que não causar tantos danos a saúde, em idosos pode ter um efeito devastador e levar a morte. O estado de virulência da gripe é caracterizado pela multiplicação rápida com fácil disseminação entre indivíduos, provocando grandes epidemias. Afeta diretamente a disposição sendo motivo para a inabilitação do indivíduo prejudicando-o em algumas atividades físicas. (FORLEO-NETO, 2003). A vigilância mundial da gripe, norteada pela OMS, estabelecida em 1952, registrou a partir do século XX, a importância em se instituir uma rede de vacinação. (TORTURO, 2005). Iniciada em 1999 no Brasil, a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe causada pela influenza, passa a ser uma arma para barrar as grandes epidemias anuais que se alastram com rapidez, amenizando o quadro gerador da crise econômica no setor de saúde do país. Os reais benefícios da vacinação estão na capacidade de prevenir a pneumonia viral primária ou a pneumonia bacteriana secundária, reduz o numero de internações e mortes de pessoas com doenças crônicas cardiovasculares e pulmonares.( FRANCISCO, 2004). O presente estudo tem como objetivo caracterizar quantitativamente a cobertura da Vacina contra influenza ( Gripe) em indivíduos acima de 60 anos de uma Unidade Básica de Saúde em Maringá no período de 1999-2005. A presente pesquisa caracteriza-se como estudo descritivo. O material utilizado para obtenção dos dados, foram planilhas de registro das campanhas de vacinação contra gripe para idosos, representando dados secundários oficiais das campanhas de vacinação. Os dados foram analisados quantitativamente, principalmente em relação as variáveis: sexo e faixa etária. Os resultados encontrados considerados significativos foram: as mulheres superam os homens na busca pela prevenção, a faixa etária acima de 65 anos, é a que mais aderiu à vacina. Após analise verificou-se o comportamento das variáveis em relação a adesão a campanha, onde o número de idosos acima de 65 anos vem aumentando a cada ano prevalecendo também o aumento de pessoas do sexo feminino. Contudo, verificou-se que a cobertura vacinal contra a gripe alcança índices superiores a 70 %, onde a vacina é o principal meio para prevenção da infecção, mas ainda há necessidade de estudos mais aprofundados sobre a caracterização da epidemiologia do vírus da gripe no Brasil.
Palavras-chave: Cobertura vacinal
Vacina da gripe
Idoso
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7629
Data do documento: 19-Out-2005
Aparece nas coleções:IV EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (19 a 22 de Outubro de 2005)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Wesley_Rodrigues_Sanches.pdf12.22 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.