EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7067
Tipo: Artigo
Título: ESTUDO COMPARATIVO DA ALTERAÇÃO DO PH DA MEDICAÇÃO DE HIDRÓXIDO DE CÁLCIO COM DIFERENTES VEÍCULOS, ASSOCIANDO O FATOR TEMPO
Autor(es): SILVA, Edhuin Victor Candia da
JACOB, Marcia Hirata
Resumo: Com o advento da endodontia houve uma empolgação na solução da dor e manutenção do dente, deste modo, surgiram inúmeros tipos de medicações utilizadas na prática endodôntica, para auxiliar a transformação do sistema de canais num campo desfavorável a proliferação de bactérias, o mais antigo e utilizado é o hidróxido de cálcio, associado a diversos veículos. Esta medicação tem atividade antimicrobiana através de vários fatores, como exemplo o pH alcalino; para tal observou-se às variações de pH em função do tempo, sobre a pasta de hidróxido de cálcio com diferentes veículos. Para poder comprovar o tempo de maior eficiência do pH da pastas de hidróxido de cálcio com veículos aquosos e viscosos, em função do tempo (imediato e 7 dias); foram utilizados pó de hidróxido de cálcio P.A associado com água destilada (grupo 1) e propilenoglicol (grupo 2), numa proporção 1:1, respectivamente, os grupos foram subdivididos em dois subgrupos em relação ao tempo de permanência da medicação em: subgrupo A (medicação imediata) e subgrupo B (medicação 7 dias) , sendo que para cada subgrupo foram utilizados 10 amostras. Para as análises, foi confeccionada uma placa de resina acrílica autopolimerizável incolor, com orifícios de 8mm de diâmetro e 5mm de profundidade. Cada amostra foi diluída em 10ml de água destilada, para a aferição do pH, sendo que no intervalo de cada aferição era lavado e mantido incluso o eletrodo aferidor de pHmetro em água destilada, num período de 5 minutos, para não mascarar os intervalos de aferição do pH. Como resultado médio de cada subgrupo foi: 1A= 12,96; 1B=12,87; 2A=12,72 e 2B=12,96. Comparativamente á associação do hidróxido de cálcio com água destilada, apresenta um pH superior, em relação à associação do mesmo com propilenoglicol no período imediato; mas após sete dias, á associação de hidróxido de cálcio com propilenoglicol foi superior em relação da associação do mesmo com água destilada. Concluímos que se for necessário uma medicação intracanal, para até 7 dias, terá mais eficácia com o veículo viscoso (propilenoglicol), mas se necessitamos uma alcalinização imediata devemos utilizar como medicação intracanal, o veículo aquoso (água destilada).
Palavras-chave: Hidróxido de calcio
Ph
Endodontia
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7067
Data do documento: 19-Out-2005
Aparece nas coleções:V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
edhuin_victor_candia_da_silva.pdf12 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.