EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7050
Tipo: Artigo
Título: A FARMACOLOGIA COMO COADJUVANTE NO TRATAMENTO DA ANOREXIA NERVOSA
Autor(es): CHIMITI, Dayenne Karoline
MAINARDES, Sandra Cristina Catelan
Resumo: A Anorexia Nervosa é descrita como um transtorno alimentar caracterizado pela recusa do indivíduo em manter um peso dentro do limite mínimo, um temor imenso de engordar e uma perturbação significativa na percepção do próprio corpo. Por ser comum a associação entre vários quadros psicopatológicos, a farmacologia atua como coadjuvante da terapêutica multidimensional, juntamente com abordagens nutricionais, clínicas e psicoterápicas, não tendo assim uma droga específica para se tratar da doença. Assim, o objetivo geral deste trabalho é o levantamento dos principais tratamentos farmacológicos possíveis para a Anorexia Nervosa e tem como objetivo específico descrever os tratamentos associados e suas diferentes abordagens buscando alcançar uma maior compreensão sobre a doença. Para tanto, procedeu-se ao método de revisão bibliográfica, utilizando artigos publicados em periódicos especializados e livros que versam sobre a temática. Os relatos encontrados na revisão bibliográfica são de alguns medicamentos que indicam uma melhora significativa em alguns aspectos peculiares da doença, sendo estes a fluoxetina (antidepressivo inibidor da recaptação da serotonina), amitriptilina (antidepressivo tricíclico), olanzapina (antipsicótico atípico), ciproeptadina (anti-histamínico) e a clorpromazina (antipsicótico sedativo, antiemético). Como tratamentos associados apresentam-se abordagens psicoterápicas como a psicodinâmica e comportamental, e ainda nutricionais, focada na reposição do peso e reeducação alimentar. Entretanto, é importante ressaltar que o material disponível é bem restrito, dificultando o levantamento realizado. Com base nos argumentos apresentados chega-se à conclusão que há muitas divergências envolvendo os cuidados medicamentosos para se tratar da Anorexia Nervosa em conseqüência da falta de uma droga específica para a mesma. Portanto, a literatura especializada recomenda fármacos de diferentes grupos e quadros clínicos. Também é fundamental observar que há uma contradição na própria descrição dos medicamentos, relacionados às indicações, contra-indicações e reações adversas no que diz respeito aos sintomas da doença. Finalmente o que se pôde notar com o presente trabalho é que há uma escassez no campo das pesquisas relativas a Anorexia Nervosa, se tratando de tratamento farmacológico, por uma dificuldade metodológica apresentada entre os diversos autores consultados.
Palavras-chave: Anorexia nervosa
Psicofármacos
Tratamentos associados
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7050
Data do documento: 19-Out-2005
Aparece nas coleções:V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dayanne_karoline_chimiti.pdf12.16 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.