EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7030
Tipo: Artigo
Título: GINKGO BILOBA
Autor(es): FERDINANDI, Damiana Maria
MARTENS, Adam Arai
FERDINANDI, Otávio Henrique
ROSADO, Fabio Rogerio
Resumo: Durante a evolução da espécie humana, o homem descobriu que determinadas espécies de plantas eram utlizadas como medicamento, através da observação constante e sistemática dos fenômenos e características da natureza e dos seus recursos. Desde então, começou um longo percurso a fim de utilizar e modificar os produtos naturais para seu próprio benefício. Desenvolveu-se assim, a fitoterapia, conjunto de conhecimentos sobre as plantas e as substâncias produzidas por elas, que apresentam atividades terapêuticas diversas. As substâncias ativas presentes em uma determinada planta, ou em parte dela, são responsáveis por atividades biológicas específicas, quando empregadas na forma de extrato total ou fração processada. O objetivo deste trabalho foi realizar uma pesquisa introdutória sobre a planta Ginkgo biloba, gimnosperma que vem sendo amplamente utilizada para o tratamento de vários distúrbios. Esta planta foi e ainda é amplamente utilizada em todo o Oriente, como fonte de madeira, frutos e medicamentos. Atualmente, o grande interesse nesta planta está nos constituintes farmacológicos ativos presentes nas folhas, sementes e raízes, que vêm sendo usados desde para a prevenção ou tratamento para doenças simples, como asma e bronquite, até como auxiliar de tratamentos de doença de Alzheimer e Raynaud. Na revisão bibliográfica realizada obtiveram-se dados sobre a eficácia da planta, sua ação em doenças neuro-degenerativas e os benefícios de sua utilização. Para isso, foi realizado um levantamento bibliográfico sobre o assunto em questão, adotando-se como referências teóricas documentos oficiais e trabalhos científicos. Dentre os principais componentes responsáveis pelas atividades destacam-se os flavonóides, os mais eficientes removedores de radicais livres, e os terpenóides, que inibem a agregação plaquetária (divididos em bilobalídeos e ginkolídeos), sendo este último um estabilizador das membranas celulares, redutor da rigidez de eritrócitos, leucócitos e redutor da viscosidade do sangue. Este trabalho inicial fundamentará experimentos práticos sobre a germinação das sementes da planta, o desenvolvimento da mesma em diferentes condições físico-químicas, a relação entre a composição química e os tipos de solo utilizados para o desenvolvimento das plantas. Experimentos posteriores serão desenvolvidos com o objetivo de se detectar atividades biológicas diversas utilizando-se os extratos foliares em testes “in vitro”.
Palavras-chave: Ginko
Biloba
Flavonoides
Terpenpoides
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7030
Data do documento: 19-Out-2005
Aparece nas coleções:V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
damiana_maria_ferdinandi.pdf12.2 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.