EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica IV EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (19 a 22 de Outubro de 2005)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6960
Tipo: Artigo
Título: MUNDO DAS IDEIAS
Autor(es): LIZ, Ana Cristina de
MORAES, Carmen Lucia Cuenca
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo, mostrar a evolução filosófica da origem do conhecimento e a sua importância nas empresas, enfatizando alguns aspectos necessários para o bom entendimento do que é preciso para tornar-se uma empresa que aprende. O termo conhecimento se baseia em estudos filosóficos provenientes da Mitologia Grega, tendo sido fundamentado nos escritos de Platão, no momento em que este comenta sobre o Mito da Caverna e o mundo das idéias. A linha de pensamento racional de Platão onde as idéias são percebidas através da razão pura gerando posteriormente o conhecimento, é contestada por Aristóteles, que defende a observação e verificação da percepção sensorial individual como parte importante na obtenção do conhecimento. Na história ocidental, o “racionalismo” que determina ser possível adquirir conhecimento por dedução agregado ao raciocínio, e outra linha chamada “empirismo” que determina ser possível adquirir conhecimentos por indução e experiências sensoriais, servem de base para questionamentos posteriores na epistemologia moderna. John Locke, fundador do empirismo britânico, considerado um dos iniciadores da Teoria do Conhecimento, defende a linha de Aristóteles quando diz que o aprendizado é feito de forma contínua e permanente, sendo sua principal fonte a experiência sensível, sensações e reflexões, fornecendo idéias a mente. Teorias contrárias, mas complementares, a fundamentação dessas correntes de pensamento se dá através dos escritos de Immanuel Kant, que diz “Embora todo nosso conhecimento comece com a experiência, isso não quer dizer que todo o conhecimento surja da experiência”, afirmando ainda que o conhecimento só surge quando os pensamentos lógicos do racionalismo e a experiência sensorial do empirismo trabalham juntos. Ao agregar o pensamento empírico ao racional, o homem moderno vem tornando-se mais informado a respeito do que se passa a sua volta do que seus antepassados, e numa época em que as decisões precisam ser tomadas sempre com maior rapidez, o poder se concentra nas mãos daqueles que tem acesso imediato às informações precisas, e que podem transformar essa informação em melhoria e aperfeiçoamento para o indivíduo e a comunidade. Porém, um dos maiores problemas das empresas é a falta total de informações relevantes e a superabundância de informações irrelevantes. A eficiência da informação é verificada na medida em que os custos para sua obtenção são menores do que os benefícios decorrentes do seu uso. A informação valiosa também poderá orientar os administradores em investimentos em sistemas e tecnologia de informação. A informação está disponível no universo humano e empresarial e ao ser absorvida pelo individuo, passa a ser conhecimento. Por isso, torna-se vital para as empresas administrar este conhecimento e usá-lo de forma eficiente na tomada de decisão.
Palavras-chave: Conhecimento
Informacão
Tomada de decisão
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6960
Data do documento: 19-Out-2005
Aparece nas coleções:IV EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (19 a 22 de Outubro de 2005)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ana_cristina_de_liz2.pdf12.3 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.