EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6555
Tipo: Artigo
Título: PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA ESCRITA DE UM SUJEITO COM SÍNDROME DE DOWN: HIPÓTESES E FORMULAÇÕES
Autor(es): FELTRIN, Edna de Fátima
PIRES, Carla Salati Almeida Ghirello
Resumo: A Síndrome de Down (SD) é caracterizada pelo acréscimo de um cromossomo no par 21. Frequentemente os sujeitos com esta síndrome apresentam alteração de tônus muscular, perda auditiva, atraso no desenvolvimento e dificuldades de aprendizagem. Quando estudantes normais estão aprendendo algo, mais especificamente quando estão passando pela fase de aquisição da escrita, apresentam muitos obstáculos, porém estes são superados com a ajuda de pais e professores. Já sujeitos com SD requerem atenção redobrada, porque passarão pelas mesmas fases que a criança normal, mas isso não acontecerá no tempo esperado para sua idade cronológica. O trabalho para auxiliar os pequenos com SD deve ser realizado exclusivamente pela “intervenção”, com apoio exclusivo da linguagem. Sendo assim, esta pesquisa objetiva caracterizar as hipóteses e formulações presentes no processo de desenvolvimento de aquisição da escrita de uma criança com SD, a fim de identificar as fases deste processo. Para a realização do estudo participará um indivíduo com SD do sexo feminino, estando na idade escolar de 8 a e 10 m à 9 a e 10 m e se desenvolverá em uma Clínica Fonoaudiológica de uma Instituição de um Centro Universitário no Norte de Paraná. O sujeito desta pesquisa será atendido em sessões individuais, com duração de 50 minutos cada, duas vezes por semana. Será trabalhada a aquisição da escrita, enfatizando as hipóteses e formulações decorrentes no processo e o sujeito será estimulado a participar. A pesquisadora esclarecerá a mãe sobre os objetivos da pesquisa e solicitará que esta assine o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. O trabalho será desenvolvido por meio de textos, revistas, estórias infantis e carimbos. A partir da contagem de estórias, será solicitado ao sujeito que a reconte e depois escreva o que entendeu a partir do modelo. Também será trabalhado com carimbos e outros estímulos visuais, solicitando assim a escrita espontânea da criança. Para o início deste trabalho deve ser feita a seleção de palavras que apresentam estruturas simples (cv-cv) e também pela fácil representação, que primeiramente será feita na forma de desenho, onde primeiramente a criança reconhecerá a figura, sendo até este momento, o desenho umas das formas de representação para cada coisa e o oral como forma de reconhecimento auditivo (estórias), agora passando a ser representada pela escrita. Espera-se, através da análise do material escrito, que a criança com SD apresente possibilidades de aprendizagem, em um tempo diferenciado, mas conseguindo produzir sua escrita.
Palavras-chave: Aprendizagem
Escrita
Síndrome de down
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6555
Data do documento: 23-Out-2007
Aparece nas coleções:V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
edna_de_fatima_feltrin.pdf207.92 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.