01 - CAMPUS MARINGÁ 1. TCC BIOMEDICINA
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/628
Tipo: Artigo
Título: Avaliação da incidência do transtorno do déficit de atenção e hiperatividade em escolares da rede pública dos Municípios de Cianorte e Maringá no Estado do Paraná
Autor(es): OLIVEIRA, Letícia Vargas
FIGUEREDO, Milena Cardoso
Primeiro Orientador: MARTINS, Heber Amilcar
Abstract: O Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurodesenvolvimental, onde os neurotransmissores, dopamina e noradrenalina encontram-se diminuídos, provocando uma redução da atividade do córtex pré-frontal. Afeta principalmente crianças, desencadeando prejuízos múltiplos, na vida acadêmica, profissional, social e emocional. É o transtorno com maior frequência em escolares e é visto como um problema de saúde pública. O objetivo da pesquisa foi avaliar a frequência e distribuição da incidência do TDAH em escolares da rede pública dos municípios de Cianorte e Maringá no estado do Paraná, traçando o perfil do diagnóstico e farmacoterapêutico destes pacientes. Foram aplicados aos professores e pedagogos das escolas envolvidas no projeto, os questionários SNAP-IV e Perfil de Diagnóstico e Farmacoterapia, os quais foram respondidos espontaneamente mediante a assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE). Os dados coletados foram tabulados e analisados com o software Epi Info™, empregando-se a análise de distribuição de frequência e o teste Chi-quadrado, com nível de significância de 95%. Os dados analisados permitem inferir que a hiperatividade, ao contrário da desatenção, não é constante nas crianças portadoras do TDAH, considerando que há diminuição natural deste comportamento na medida que a idade avança, bem como não evidenciaram perfil de diagnóstico ou farmacoterapia inapropriados. As análises, demonstram uma condição alarmante, considerando que existem casos em que a criança diagnosticada não está submetida ao tratamento clínico e medicamentoso, além da falta de informações das escolas, sendo assim, ainda carecemos de reforçar a atenção com o diagnóstico e tratamento do TDAH.
Palavras-chave: TDAH
Diagnóstico
Farmacoterapia
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/628
Data do documento: 12-Nov-2018
Aparece nas coleções:BIOMEDICINA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Trabalho de Conclusão de Curso TCC finalizado.pdfPDF1.58 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.