EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (27 a 30 de Outubro de 2009)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6209
Tipo: Artigo
Título: RELIGIÃO E RELIGIOSIDADE NO CONTEXTO PÓS-COLONIAL EM “O OUTRO PÉ DA SEREIA”, DE MIA COUTO (2007)
Autor(es): PARADISO, Silvio Ruiz
ADOLFO, Sergio Paulo
Resumo: A religião é criada e mantida por símbolos que o ser humano usa, mas por serem diferentes entre si, seus mundos sagrados também o são. Logo, a religião no contexto pós-colonial colabora para sustentar ambivalência da colonização entre o grupo dos colonizadores e dos colonizados e, respectivamente suas divindades (brancas e negras). É nessa ambivalência que o romance O outro pé da Sereia (2007), do moçambicano Mia Couto, descortina-se como um reflexo da multicultura colonial e as manifestações sincréticas no qual a religião revela em uma sociedade híbrida, como são as colônias. Através das análise dos diálogos culturais revelar-se-á conceitos pós-coloniais como alteridade, objetificação, resistência, demonização do nativo, mímica, ab-rogação e apropriação entre outros. Os portugueses representados pelo jesuíta D. Gonçalo da Silveira revela a cultura hegemônica européia, impondo o cristianismo aos povos africanos, protagonizado pela jovem Mwadia. Neste ínterim, a imagem de Nossa Senhora torna-se a personagem mais híbrida e contundente do romance, pois ela é o reflexo do catolicismo opressor e do idealismo português, é Kianda, a deusa do mar bantu, que dá esperança ao seu povo oprimido e Nzuzu, a rainha das águas que revela o que realmente é a identidade cultural. Este embate teológico acontece num contexto propício para o choque cultural, isto é, o processo de colonialismo. A religiosidade será analisada dentro de um processo específico pela perspectiva da teoria pós-colonial, pois tais textos são marcados por encontros culturais e suas ambivalências. Assim, diante deste panorama, os diálogos culturais subversivos e libertadores que ocorrem são investigados, permitindo evidenciar a importância da fé nesses espaços, a tentativa de resgate de suas tradições culturais e, ao mesmo tempo, a manutenção de sua dignidade enquanto sujeito produtor de cultura.
Palavras-chave: Literatura africana
Pós-colonialismo
Religião
CNPq: .
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6209
Data do documento: 27-Out-2009
Aparece nas coleções:VI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (27 a 30 de Outubro de 2009)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Silvio_Ruiz_Paradiso.pdfTrabalho apresentado no VI Encontro Internacional de Produção Cientifica (27 a 30 de outubro de 2009)51.41 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.