EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (27 a 30 de Outubro de 2009)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6112
Tipo: Artigo
Título: GESTAÇÃO TARDIA
Autor(es): CÂNDIDO, Nayane menezes
MACHADO, Cíntia Pattaro
GRILO, Daiane Krause
OLIVEIRA, Kézia de
Resumo: Gravidez é o período de crescimento e desenvolvimento do embrião dentro da mulher, inicia-se quando o espermatozóide fecunda o óvulo e este se implanta na parede do útero e termina no momento do nascimento. Uma gravidez fora de época pode gerar grandes problemas para a gestante e para o feto, já que o risco do bebê nascer com uma anomalia está proporcionalmente relacionado à idade da mãe. Porém, isso não significa que todas as mulheres que optarem pela gravidez depois dos 35 anos terão problemas com seus bebês. Atualmente, grande parte dos casais optam por ter filhos após os 35 anos, este período coincide com o declínio da fertilidade na mulher. A diminuição do potencial reprodutivo que é a reserva ovariana, é a consequência do envelhecimento natural dos ovários. As possibilidades tecnológicas e científicas que permitem a uma mulher com mais de 35 anos engravidar, não impede o aumento das dificuldades de ovulação, acresce também o número de mulheres com idade mais avançada (40 e 50 anos), para as quais a gravidez se torna progressiva e naturalmente impraticável, porque já iniciaram a perda dos folículos e apresentam falência ovárica. Trata-se de um estudo de caso descritivo exploratório com abordagem qualitativa, os sujeitos da pesquisa serão puérperas acima de 35 anos que realizaram partos no mês de abril do ano de 2009. A pesquisa será em uma maternidade na região noroeste do Paraná, oficializaremos na Instituição de Ensino Superior para tornar possível a continuidade da pesquisa proposta, encaminhando ao Comitê de Ética em Pesquisa do Cesumar (COPec) conforme Resolução 196/96, incluindo a autorização da maternidade a ser pesquisada. A entrevistada será informada sobre o procedimento e que participação será voluntária e sua identificação será mantida em sigilo podendo assim, autorizar a coleta dos dados para a pesquisa através do termo de consentimento livre e esclarecido - TCLE, encaminhado juntamente com os demais documentos autorizados. O estudo poderá ser interrompido com a solicitação de exclusão por parte do sujeito da pesquisa. Realizaremos o levantamento de informações bibliográficas em site especializados como Scielo e Bireme, sobre gestação tardia e as consequências que a gestante e o feto podem apresentar. Logo em seguida será aplicado um questionário de acordo com o contexto, com questões abertas e fechadas a fim de extrair da puérpera informações necessárias para compararmos com a literatura encontrada. Os dados serão analisados e categorizados conforme resultados obtidos. Visto que é de grande importância ressaltar o trabalho de prevenção da gravidez tardia para minimizar os riscos e complicações voltadas para a mãe e o feto. Tendo como objetivo identificar as consequências da gravidez tardia.
Palavras-chave: Complicações
Gravidez tardia
CNPq: .
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6112
Data do documento: 27-Out-2009
Aparece nas coleções:VI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (27 a 30 de Outubro de 2009)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Nayane_Menezes_Candido.pdfTrabalho apresentado no VI Encontro Internacional de Produção Cientifica (27 a 30 de outubro de 2009)52.15 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.