EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (27 a 30 de Outubro de 2009)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6058
Tipo: Artigo
Título: AVALIAÇÃO DOS MEIOS DE DIAGNÓSTICO E DA INFLUÊNCIA HORMONAL NA EVOLUÇÃO DE TUMORES MAMÁRIOS CANINOS. ESTUDO PROSPECTIVO EM CÃES
Autor(es): LIBERATI, Marcela Nunes
PERPÉTUA, Paulo César Gonçalves
QUITZAN, Juliany Gomes
Resumo: As glândulas mamárias constituem o local mais comumente afetado por neoplasias em cadelas, representando aproximadamente 42% dos tumores nesta espécie. Apesar de diferentes estudos já realizados, a causa exata da ocorrência do tumor de mamas em cadelas ainda não foi completamente esclarecida. Sabe-se, entretanto, que o desenvolvimento destes tumores é hormônio-dependente. A ovariosalpingohisterectomia (OSH) precoce está relacionada à diminuição de desenvolvimento destes tumores. Porém, após a idade adulta, a importância da OSH como terapia adjuvante para evitar a neoplasia mamária não está esclarecida. O tratamento desta afecção é essencialmente cirúrgico. Um procedimento rápido e barato que contribui para o estabelecimento do protocolo cirúrgico, possibilitando o diferencial de massas tumorais benignas e malignas, é a Citologia Aspirativa por Agulha Fina (CAAF). Seu resultado não deve excluir a realização da histopatologia do tumor, após a extirpação cirúrgica. Os estudos ainda são controversos em afirmar se a OSH realizada no mesmo tempo cirúrgico da mastectomia pode evitar a recidiva ou progressão do tumor. A correlação positiva entre citologia mamária e histologia também permanece inconsistente na literatura nacional. Serão avaliados no presente estudo 20 animais, com diagnóstico clínico de tumor nas glândulas mamárias. Em 10 animais, a OSH será realizada no mesmo ato cirúrgico da exérese do tumor e nos demais será feita apenas a mastectomia. Todos os animais serão ainda submetidos à CAAF antes da cirurgia, sendo estes resultados comparados ao exame histopatológico, feito após retirada do tumor. Os animais serão acompanhados durante 8 meses e neste período será avaliada a recidiva de tumor bem como presença de metástase pulmonar. Com os resultados, pretende-se acrescentar dados na literatura a respeito da correlação entre OSH tardia, citologia aspirativa, histopatologia e recidiva de tumores mamários em cadelas.
Palavras-chave: Citologia
Mastectomia
OSH
Tumor de mama
CNPq: CNPq
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6058
Data do documento: 27-Out-2009
Aparece nas coleções:VI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (27 a 30 de Outubro de 2009)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcela_Nunes_Liberati.pdf51.35 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.