01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/592
Tipo: Dissertação
Título: Produção de substratos para mudas a partir de resíduos compostados do setor sucroalcooleiro
Autor(es): RAMARI, Thais de Oliveira Iácono
Primeiro Orientador: GASPAROTTO, Francielli
metadata.dc.contributor.advisor-co1: VELHO, Luiz Felipe Machado
Abstract: Os produtos do processamento da cana-de-açúcar são muitos, porém os que mais se destacam são o açúcar e o etanol. Contudo, além destes produtos também são gerados importantes subprodutos como o bagaço da cana-de-açúcar, a torta de filtro e as cinzas de caldeira, que se destinados de maneira inadequada podem ocasionar impactos ambientais. A utilização de resíduos orgânicos como matéria prima para substratos na produção de mudas tem proporcionado aumento da produção e da qualidade do produto final. Porém, para que a utilização desses resíduos seja viável é preciso que os mesmos acarretem em incremento de produtividade e estejam disponíveis na região de cultivo. Assim, estudos sobre os parâmetros intervenientes ao processo de compostagem em pequena escala e a interferência desses resíduos na qualidade das mudas, são necessários. Dessa forma, os objetivos deste trabalho são: avaliar o processo de compostagem de resíduos do setor sucroalcooleiro em pequena escala e a utilização dos compostos resultantes na composição de substratos para a produção de mudas de alface e rúcula. Foram avaliados, para o processo de compostagem, os parâmetros temperatura no interior da pilha, condutividade elétrica da solução (CE), pH do material e volume da pilha e, para avaliar a maturação do composto orgânico analisou-se em conjunto a estabilização dos valores de temperatura e CE e a relação C/N ao fim do processo. Ao serem considerados maduros os compostos foram classificados de acordo com os parâmetros estabelecidos pela legislação (IN25/2009). Para esta etapa foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado (DIC), com 4 tratamentos e 3 repetições. Os tratamentos foram: T0 - 100% torta de filtro (TF), T1 - 100% bagaço de cana-de-açúcar (BC), T2 – 50% torta de filtro e 50% bagaço de cana-de-açúcar, e T3 - 70% torta de filtro e 30% bagaço de cana-de-açúcar. Para a produção dos substratos a partir dos compostos orgânicos produzidos na primeira etapa, o delineamento utilizado foi o DIC, em esquema fatorial 2x9 (dois intervalos de tempos de decomposição dos resíduos - 0 dias e 90 dias x nove composições de substratos), com 30 repetições, onde cada plântula constituiu uma repetição. Os tratamentos foram: S1 – 100% T0; S2 – 50% T0 e 50% Cinzas de caldeira; S3 – 100% T1; S4 – 50% T1 e 50% Cinzas de caldeira; S5 – 100% T2; S6 - 50% T2 e 50% Cinzas de caldeira; S7 – 100% T3; S8 - 50% T3 e 50% Cinzas de caldeira; S9 – Substrato comercial da marca Lupa (composição: Casca de pinus/Eucalipto e cinzas). Nesta fase avaliou-se em cada tratamento, a porcentagem de germinação, e aos 30 dias após a semeadura o número de folhas definitivas (NF), altura de plântulas (HP), massa fresca da parte aérea (MFPA) e massa seca da parte aérea (MSPA). Ao final de cada etapa experimental os dados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Scott-Knott, ao nível de 5% de significância pelo programa estatístico Sisvar. A partir deste estudo conclui-se que o processo em pequena escala é possivel para os compostos orgânicos que possuíram em sua formulação torta de filtro e os mesmos compostos atingiram maturação aos 90 dias. Os parâmetros temperatura, CE e relação C/N foram satisfatórios para determinação da maturação dos compostos. De acordo com a legislação os compostos foram classificados como pertencentes à classe A e estavam de acordo com a legislação, com exceção do T1. Assim, é possível a formulação de substratos para produção de mudas a partir dos resíduos do setor sucroalcooleiro, torta de filtro e bagaço de cana-de-açúcar; sendo que dentre os tratamentos o substrato que produziram mudas de melhor qualidade, além do substrato comercial, foi o formulado com torta de filtro pura e compostada.
Palavras-chave: Bagaço de cana-de-açúcar
Compostagem
Hortaliças
Subprodutos
Torta de filtro
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/592
Data do documento: 24-Ago-2016
Aparece nas coleções:TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
THAIS DE OLIVEIRA IÁCONO RAMARI.pdfDissertação328.83 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.