01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/589
Tipo: Dissertação
Título: Levantamento de inventário de emissões de gases de efeito estufa em obra da indústria da construção civil em Maringá - PR
Autor(es): MACIEL, Marco Aurélio Diniz
Primeiro Orientador: ANDREAZZI, Marcia Aparecida
metadata.dc.contributor.advisor-co1: BARROS JUNIOR, Carlos de
Abstract: A mudança climática é reconhecida como uma das principais barreiras ao desenvolvimento sustentável e vários setores como transporte, indústria, edificações e agricultura são responsáveis por estas mudanças, contudo, o setor da construção, contribui com um terço das emissões mundiais de CO2. A indústria da construção civil é uma das que mais danos causam ao meio ambiente, sobretudo pelo consumo de energia e de recursos naturais. Sabe-se que as emissões provenientes da construção civil estão associadas à extração das matérias-primas usadas nos materiais de construção, aos processos de fabricação desses materiais, à energia dispendida durante o ciclo de vida da obra, à operação e manutenção da obra, além da disposição final dos resíduos e do transporte de materiais. Para promover ações de redução das emissões de GEE e contribuir para a mitigação das mudanças climáticas, o setor da construção civil deve avaliar a origem das emissões e calcular a quantidade de GEE emitida, por meio de inventários de emissões de GEE. Os resultados obtidos com os inventários podem ser utilizados para a determinação de ações que resultem na redução das emissões. Portanto, quantificar e organizar os dados sobre as emissões de GEE e estudar o potencial de mitigação neste setor contribuirá com a resolução do problema da mudança climática global, além de trazer benefícios, como diminuição da poluição atmosférica, melhoria da saúde, redução da mortalidade, melhoria do bem-estar social, segurança energética, entre outros. O objetivo deste trabalho foi elaborar um inventário de emissões de GEE das atividades desenvolvidas na construção de um edifício comercial na cidade de Maringá/ PR. Para elaboração deste inventário foram obtidos os dados do memorial descritivo da obra e da planilha de serviços da obra e empregada a ferramenta do “GHG Protocol”, 2013, versão 2014.0 e 2013.1.1. O inventário foi apurado ao longo da construção da obra, no ano de 2014, e foram considerados os serviços de alvenarias e vedações, coberturas, impermeabilizações, revestimento de forro, pisos e paredes internas e externas, pintura e esquadrias constantes no memorial descritivo e na planilha de serviços da obra. Com base nos resultados encontrados concluiu-se que a emissão total de GEE na obra avaliada, foi de 907.049,93 kg CO2 em uma área total da construção de 10.987 m². Estes dados resultaram em uma emissão de 82,56 kgCO2/m². De forma isolada, os materiais utilizados que mais emitiram GEE foram o piso cerâmico (48%) e o concreto e a argamassa (32,3%). O total de emissões de GEE devido ao transporte de material foi de 55.002,54 kg CO2, equivalente a 6,06% da emissão total do inventário. Buscando uma maior sustentabilidade ambiental, calculou-se que um reflorestamento com 7.068 unidades de árvores nativas é suficiente para compensar as emissões observadas.
Palavras-chave: Aquecimento global
Construção civil
Emissões de CO2
Mudanças climáticas
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/589
Data do documento: 6-Jul-2016
Aparece nas coleções:TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MARCO AURÉLIO DINIZ MARCIEL.pdfDissertação2.08 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.