01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES PROMOÇÃO DA SAÚDE
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/572
Tipo: Dissertação
Título: Força abdominal, dor lombar e massa muscular em idosas praticantes de pilates solo
Autor(es): QUEIROZ, Leliz Cristina Sampaio
Primeiro Orientador: BENNERMANN, Rose Mari
metadata.dc.contributor.advisor-co1: BERTOLINI, Sônia Maria Marques Gomes
Abstract: A velocidade do crescente número de idosos, principalmente em países em desenvolvimento, como o Brasil, está acontecendo de forma rápida e é uma das maiores preocupações da saúde pública e tema de estudos em diversas áreas da saúde. Assim, ao profissional de saúde compete não somente a tarefa de propor, mas de sensibilizar o idoso sobre a importância da Promoção da Saúde e o estilo de vida na manutenção da saúde e qualidade de vida no envelhecimento. OBJETIVO: O objetivo desse estudo foi verificar a influência da prática do Pilates Solo na força abdominal, dor lombar e massa muscular de idosas frequentadoras de um Centro Cultural e Social de convivência para idosos, situado no município de Maringá-PR. MÉTODO: O estudo foi transversal, com coleta de dados primários e com amostra de conveniência. A massa muscular foi determinada pelo cálculo da área muscular do braço, antes e após a intervenção. O fortalecimento abdominal das idosas foi avaliado pelas repetições no teste de força abdominal com banco em 2 minutos, antes e após a intervenção. A avaliação da dor foi verificada por meio da escala visual analógica (EVA) para dor (Visual Analogue Scale - VAS), antes e após a intervenção. A postura foi mensurada com auxílio de um Simetrógrafo portátil de parede junto a idosa avaliada. A comparação foi por meio do “Teste de New Tork”, antes e após a intervenção. As idosas foram submetidas a aulas práticas de Pilates Solo a nível iniciante. A duração prática foi de três meses, três vezes por semana, uma hora por dia, totalizando 39 dias. RESULTADOS: A amostra foi constituída por 43 idosas com 60 a 88 anos de idade. O valor da média da área muscular do braço, antes da prática, foi de35,56cm², e de 42,72 cm², após a prática (p< 0,0001). A média de repetições abdominais, no teste antes e depois da intervenção com o Pilates Solo, mostraram a evolução de 31,51±15,12 para 35,58±17,21 (p<0,0034). A média do nível da dor, no teste antes e depois, mostrou melhora significativa (p<0,0034), assim como a média da postura (p< 0,0001). CONCLUSÃO: O método de Pilates Solo é uma atividade física importante no fortalecimento abdominal, aumento da massa muscular, melhora da postura e diminuição da dor lombar em idosas praticantes, de tal modo que contribui para a qualidade de vida dessa população que tanto cresce no Brasil.
Palavras-chave: Pilates solo
Fortalecimento abdominal
Idosas
Massa muscular
Dor lombar
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/572
Data do documento: 1-Mar-2016
Aparece nas coleções:PROMOÇÃO DA SAÚDE

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LELIZ CRISTINA SAMPAIO QUEIROZ.pdfDissertação3.15 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.