01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES PROMOÇÃO DA SAÚDE
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/564
Tipo: Dissertação
Título: Equipamentos das academias da terceira idade: influência sobre o comportamento da pressão arterial e da frequência cardíaca de idosos
Autor(es): LEONEL, Sillas Oliveira Júnior
Primeiro Orientador: BERTOLINI, Sônia Maria Marques Gomes
Abstract: Dentre as estratégias que visam incentivar a prática de atividade física pela população idosa, tem-se a instalação de academias da terceira idade (ATIs), também conhecidas como academias ao ar livre, em praças, bosques e áreas de lazer. No entanto, para a prática de atividade física nas ATIs gerar benefícios é necessária uma intensidade mínima de esforço físico, e frequência regular de atividade, bem como o uso adequado de seus equipamentos. Devido à escassez de estudos que investiguem os benefícios e as alterações morfofuncionais promovidas pelo uso dos equipamentos das ATIs por idosos, o presente estudo objetivou analisar o comportamento das variáveis cardiovasculares, como a pressão arterial e a frequência cardíaca de idosos praticantes de exercícios físicos em ATIs de Maringá- Paraná. Foram avaliados 70 idosos voluntários, sendo 41 do sexo feminino e 29 do sexo masculino, com média de idade de 67,2±6,6 anos e 65,9±12,3 anos respectivamente. Os voluntários foram instruídos há realizar três minutos ininterruptos de exercício em cada um dos seis equipamentos selecionados nas ATIs. A resposta aguda aos exercícios realizados em cada aparelho foi avaliada por meio de um frequencímetro e os valores da pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD) foram obtidos pelo método auscultatório, seguindo os parâmetros estabelecidos pela V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial, com o auxílio de um esfigmomanômetro. O tempo entre os exercícios em cada equipamento dependeu do retorno da FC aos valores iniciais, o que variou de três a quatro minutos de repouso. Os equipamentos selecionados para os exercícios foram o simulador de caminhada, o esqui, a remada, o surf, a cavalgada e o multiexercitador. Os valores mais elevados de FC, em ambos os sexos, foram registrados no multiexercitador, na cavalgada e no surf. Quer seja na FC, quer seja na PA, houve diferenças estatisticamente significantes nas médias dos valores encontrados na avaliação inicial, comparadas às médias da avaliação final (p<0,05). O comportamento da FC indicou que a intensidade de esforço durante as atividades físicas praticadas nos equipamentos das Academias da Terceira Idade classifica-se predominantemente como moderada e tanto a PAS como a PAD elevam-se dentro dos limites fisiológicos estabelecidos para os idosos, podendo tais atividades serem consideradas seguras para esta população. Os achados da presente pesquisa sugerem que embora os exercícios praticados nas ATIs não visem necessariamente o desenvolvimento da capacidade aeróbia, que sejam incluídos equipamentos com características semelhantes ao multiexercitador para que exercícios intensidades moderadas possam ser praticados por uma maior quantidade de idosos que frequentam as ATIs.
Palavras-chave: Exercícios
Frequência cardíaca
Idoso
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/564
Data do documento: 29-Mai-2015
Aparece nas coleções:PROMOÇÃO DA SAÚDE

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SILLAS OLIVEIRA LEONEL JÚNIOR.pdfDissertação486.12 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.