01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES PROMOÇÃO DA SAÚDE
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/559
Tipo: Dissertação
Título: Câncer da pele em indivíduos acima de 50 anos de idade atendidos em um ambulatório de especialidades no Norte do Paraná
Autor(es): GARANI, Rafael
Primeiro Orientador: BERTOLINI, Sônia Maria Marques Gomes
metadata.dc.contributor.advisor-co1: COSTA, Cássia Kely Favoretto
Abstract: As neoplasias podem comprometer a vida do indíviduo, com alterações no âmbito afetivo, social e biológico, levando a demanda de uma assistência à saúde qualificada. Dentre as neoplasias, há destaque para a neoplasia cutânea pela sua alta prevalência e índices crescentes nas duas últimas décadas. Este estudo objetivou avaliar o perfil sociodemográfico, a prevalência e os fatores associados ao desenvolvimento de neoplasia cutânea em pacientes atendidos em um ambulatório de especialidades do norte do Paraná. O estudo foi realizado em duas etapas: a primeira explorou dados secundários, caracterizando a pesquisa como do tipo retrospectiva que verificou as características sociodemográficas e a prevalência de pacientes com neoplasia cutânea atendidos no Centro de Referência e Especialidades Médicas de Ibiporã (CREMI), no ano de 2012; na segunda etapa, os participantes foram selecionados em grupo caso (38 pacientes com câncer da pele) e grupo controle (120 pacientes sem câncer da pele), ambos os grupos cadastrados no ambulatório de dermatologia geral do CREMI. Dos 158 pacientes foram coletadas informações quanto ao perfil sociodemográfico, ocupação anterior e atual, horário de exposição ao sol no período de trabalho, e de câncer na família, tabagismo, etilismo, doenças associadas, além das formas de fotoproteção. Câncer da pele foi diagnosticado em 5,16% dos pacientes, com média de idade de 69,84 (±12,18) anos, houve predomínio de lesão única (79%), sendo a cabeça o segmento de maior ocorrência. Houve associação significativa entre a idade, histórico familiar e tabagismo com o câncer da pele (p=0,028; 0,023;0,001, respectivamente). Os pacientes com tendência a serem acometidos por câncer da pele apresentam 16,41% de risco a mais, mesmo quando submetidos à exposição solar leve (p=0,026).
Palavras-chave: Câncer da pele
Envelhecimento
Neoplasia
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/559
Data do documento: 26-Fev-2015
Aparece nas coleções:PROMOÇÃO DA SAÚDE

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RAFAEL GARANI.pdfDissertação484.93 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.