EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4723
Tipo: Artigo
Título: O DIREITO À FILIAÇÃO E A SUCESSÃO POST MORTEM NAS SITUAÇÕES DE REPRODUÇÃO ASSISTIDA
Autor(es): DEZIDÉRIO, Diego
FERMENTÃO, Cleide Aparecida Gomes Rodrigues
Abstract: Esta pesquisa será um estudo direcionado para as consequências jurídicas da Reprodução Assistida no Brasil, quanto a analise do direito à filiação das crianças que provém dessas técnicas artificiais de reprodução, para assim determinar quais famílias possuem esse direito, assim como, serão discutidos os direitos dessas crianças nas situações de sucessão post mortem, ou seja: se existe a possibilidade de utilização de um material genético de uma pessoa já falecida. E se aquela pessoa será considerada descendente deste, e com isso, sendo detentora de todos os direitos admissíveis pela legislação pátria. Diante disso, nota-se uma discrepância de interesses entre as doadoras de material genético e aquelas que possuem a vontade de constituir família, que possuem o afeto como principal elemento desta relação, logo, como definir e delimitar esse direito, haja vista que a discussão nos remete à vida de uma criança, que não possui condições de se manifestar, de demonstrar a sua vontade. Com isso é notório observar que é dever do legislador regular sobre essa lacuna, buscando assim dirimir conflitos sociais. Em contrapartida, no direito à sucessão post mortem existe a discussão no sentido de determinar juridicamente a possibilidade dessa técnica de Reprodução Assistida, se existe um prazo limite para o mesmo, e ainda, se o fruto dessa relação terá todos os direitos civis admitidos pelo Código Civil. A presente pesquisa se utilizará de uma análise doutrinária e jurisprudencial, buscando demonstrar o direcionamento do STF neste sentido, para assim tornar conciso o entendimento do Poder Judiciário. Este projeto visa também discutir esses dois assuntos amplamente divergentes no Direito Brasileiro e que, atualmente, encontram-se “esquecido” pelos legisladores, como também, relatar os entendimentos da doutrina, buscando observar as soluções que os mesmos apresentam.
Palavras-chave: Princípios constitucionais
Direito de sucessão
Relação socioafetiva
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4723
Data do documento: 25-Out-2011
Aparece nas coleções:VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
diego_deziderio.pdfTrabalho apresentado na modalidade grupo de discussão no VII EPCC Encontro Internacional de Produção Científica (25 a 28 de outubro de 2011)70.3 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.