EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4654
Tipo: Artigo
Título: AÇÕES DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE A PESSOA COM TRANSTORNO MENTAL
Autor(es): MARIANI, Aline Beatriz
ZURITA, Robsmeire Calvo Melo
Abstract: Os transtornos mentais são manifestações psicológicas associadas a um comprometimento funcional resultante da disfunção biológica, social, psicológica, genética, física ou química capaz de produzir prejuízos no desempenho global da pessoa no âmbito pessoal, social, ocupacional e familiar. A universalidade e a cronicidade dos transtornos mentais geram alto custo social e econômico causando incapacitações graves e definitivas elevando as demandas nos serviços de saúde e reduzindo a qualidade de vida dos indivíduos. Dados do Ministério da Saúde (MS) apresentam que 3% da população geral sofrem com transtornos mentais graves e persistentes, 6% apresentam transtornos psiquiátricos graves decorrentes do uso de álcool e outras drogas e 12% necessitam de algum atendimento em saúde mental ao longo da vida.. A criação do Sistema Único de Saúde (SUS) aprovado na constituição de 1988 adota a Atenção Básica como eixo estruturante do sistema, pois além de ser a “porta de entrada”, gerencia os encaminhamentos, coordena e integra o trabalho realizado em outros níveis de atenção. A partir da lei 10.216 de 2001 a desinstitucionalização e a Atenção Básica passa a ser responsável pela assistência melhorando a qualidade de vida da pessoa com transtorno mental. A intervenção conjunta da equipe em saúde mental tem como estratégia substituir o confinamento nos hospitais psiquiátricos pelo cuidado comunitário e os principais aspectos dessa lei são a reorientação do modelo assistencial, os direitos dos usuários e sua inserção na comunidade, informação sobre o tratamento e cuidados integrais. Segundo o MS a nova proposta preconiza a prevenção da doença, a promoção da saúde, e descentralização, diminuição do tratamento asilar e participação sócia. A Atenção Básica está pautada na integralidade e o maior desafio é a capacitação da equipe de saúde para que pudessem efetivamente ajudar no tratamento, cuja questão fundamental é a ampliação da capacidade de escuta das equipes e pensar juntos em estratégias e intervenções que pudessem ajudar as famílias a superar suas dificuldades ao se depararem com problemas de saúde mental. O objetivo proposto por este estudo é identificar as ações de saúde de 5 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município de Maringá–PR voltados à assistência a pessoa com transtorno mental. Participarão do estudo 50 profissionais de saúde composto por: enfermeiro, auxiliar de enfermagem, psicólogo, assistente social, dentista, auxiliar de dentista, técnico de higiene dental farmacêutico e médico. Os dados serão coletados através de um questionário estruturado para verificar as ações realizadas ,existência de treinamento em saúde mental, bem como avaliar o conhecimento dos participantes. Trata-se de um estudo descritivo e os dados serão analisados por meio da estatística descritiva expressa em porcentagem e apresentados em formas de tabelas.
Palavras-chave: Atenção básica
Enfermagem em saúde mental
Saúde mental
Transtorno mental
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4654
Data do documento: 25-Out-2011
Aparece nas coleções:VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
aline_beatriz_mariani.pdfTrabalho apresentado na modalidade grupo de discussão no VII EPCC Encontro Internacional de Produção Científica (25 a 28 de outubro de 2011)80.71 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.