01 - CAMPUS MARINGÁ 1. TCC AGRONOMIA
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4624
Tipo: Artigo
Título: INFLUÊNCIA DA APLICAÇÃO DE AGROQUÍMICOS NO DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO DE Brassica oleracea var. botrytis
Autor(es): BURGUÊS, André de Souza
TRASSI, Gabriel Andreotti
Primeiro Orientador: PACCOLA, Edneia Aparecida de Souza
Abstract: Alguns efeitos fisiológicos benéficos proporcionados pelo uso de alguns tipos de fungicidas sistêmicos e hormônios vegetais em horticultura foram ponderados, onde os efeitos observados foram o aumento do crescimento e desenvolvimento vegetal, interferindo diretamente na produção final. Nesse sentido, objetivou-se avaliar a influência da aplicação de alguns fungicidas sistêmicos e hormônios vegetais nas características agronômicas, realizando a aplicação dos mesmos na cultura Brassica oleracea L. var. botrytis L, de variedade Barcelona, onde o experimento foi conduzido com delineamento em blocos casualizados, com 4 tratamentos: (T1) testemunha, sem aplicação, (T2) Boscalida 0,3 g L-1, (T3) Piraclostrobina 3,0 g L-1, (T4) Cinetina 0,09 g/L + Ácido giberélico 0,05 g/L (GA3) + Ácido 4-indol-3ilbutírico 0,05 g/L. Cada parcela foi representada com 20 plantas, sendo 2 aplicações, a primeira com as plantas após 20 dias de germinadas e a segunda no momento do florescimento no campo, onde pode-se testar e avaliar características como altura da planta, diâmetro do caule, numero de folhas, diâmetro da inflorescência, altura da inflorescência e peso da inflorescência. O tratamento com Boscalida resultou inflorescências maiores e mais pesadas, diferenciando-se e destacando-se sobre os demais tratamentos, em todos os quesitos avaliados, apresentando resultados positivos sobre a produção final, que é um dos principais fatores esperados. Seguido pelo tratamento no qual foi utilizado Piraclostrobina (T3), testemunha (T1), respectivamente. O tratamento que apresentou resultado inferior em todos os quesitos avaliados foi o (T4), com Cinetina 0,09 g/L + Ácido giberélico 0,05 g/L (GA3) + Ácido 4-indol-3ilbutírico.
Palavras-chave: Efeitos fisiológicos
Couve flor
Inflorescência
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4624
Data do documento: 8-Nov-2019
Aparece nas coleções:AGRONOMIA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ANDRÉ DE SOUZA BURGUES E GABRIEL ANDREOTTI TRASSI.pdfArtigo apresentado ao curso de graduação em Agronomia da UniCesumar – Centro Universitário de Maringá como requisito parcial para a obtenção do título de bacharel(a) em Agronomia, sob a orientação da Profa. Dra. Edneia Aparecida de Souza Paccola.777.69 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.