EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica IX EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (03 à 06 de Novembro de 2015)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2448
Tipo: Artigo
Título: ESTUDO NUMÉRICO SOBRE AS DIMENSÕES MÍNIMAS EM PILARES DE CONCRETO ARMADO PARA EDIFICAÇÕES RESIDENCIAIS TÉRREAS
Autor(es): MOREIRA, Luan Matheus
MARTINS, Carlos Humberto
Abstract: Em pilares de concreto armado, a instabilidade é um estado limite último que pode ser atingido nos elementos submetidos à flexo-compressão. Desta forma, a geometria da seção transversal dos mesmos tem fundamental importância em sua análise e dimensionamento. O objetivo deste trabalho é de investigar quais os motivos que levaram a NBR 6118:2014 a modificar a dimensão mínima de 12 cm para 14 cm em pilares de concreto armado. Deste modo, foram concebidas duas estruturas hipotéticas referentes às ações atuantes em uma edificação residencial térrea, onde por meio do software Eberick da empresa Altoqi, foram realizados as análises e os dimensionamentos dos pilares. A aplicação do programa permitiu agilidade na obtenção dos resultados. No entanto, o mesmo teve que ser configurado de acordo com as prescrições da NBR 6118:2014. Nos resultados obtidos, podem-se verificar em duas simulações realizadas que os índices de maior esbeltez, foram superiores à 90. Portanto, os pilares são caracterizados como pilares esbeltos, o que implica na utilização de modelos de cálculo mais refinados como o Método do Pilar Padrão acoplado à diagramas M, N, 1/r e o Método Geral (esses métodos são complexos e necessitam do auxílio de um algoritmo computacional mais arrojado). No entanto, para os pilares com seção transversal de 12x30 cm, este efeito surgiu com comprimento de flambagem (le) igual a 315 cm. Enquanto que, para os pilares com seção transversal de 14 x 26 cm, o mesmo ocorre com comprimento de flambagem (le) igual a 365 cm. Portanto, conclui-se que o aumento na dimensão mínima de pilares de concreto armado, para edificações residenciais térreas convencionais, propicia: a caracterização dos mesmos como medianamente esbeltos, redução nas áreas de armadura longitudinal e melhores condições de concretagem.
Palavras-chave: Pilares de concreto armado
Comprimento de flambagem
Dimensões mínimas
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2448
Data do documento: 3-Nov-2015
Aparece nas coleções:IX EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (03 à 06 de Novembro de 2015)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ESTUDO NUMÉRICO SOBRE AS DIMENSÕES MÍNIMAS EM PILARES DE CONCRETO ARMADO PARA EDIFICAÇÕES RESIDENCIAIS TÉRREAS.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no IX Encontro Internacional de Produção Científica (03 a 06 de novembro de 2015)555.39 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.