EVENTOS Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2377
Tipo: Artigo
Título: AUTOMATIZAR O PROCESSO DE ATENDIMENTO SAMU, UM ESTUDO EXPLORATÓRIO
Autor(es): LOURO, João Victor Freitas
GORINI, Igor Manfrinato
BORTOLOZZI, Flávio
ALMEIDA, Iara Carnevale de
Abstract: No Brasil o (SAMU 192), é um serviço de atendimento médico brasileiro para casos de emergência. Iniciado por uma ligação para o telefone 192, é atendida pela Central de Regulação (CR) que efetua a identificação da emergência e transfere para o médico regulador que inicia o atendimento por chamada orientando o atendido até a chegada da unidade de atendimento móvel (DIAS, 2016). Tratando-se do atendimento pré-hospitalar móvel, umas das principais fontes de informações é a ficha de atendimento do SAMU, preenchida manualmente após a chegada e avaliação da equipe sobre a situação encontrada. Coelho Barros (2014) alerta para “o alto percentual de profissionais que ignoram dados da ficha de atendimento”, diante de análises de artigos científicos acerca da urgência préhospitalar em sua pesquisa, referenciando a profissionais que deixam campos da ficha de atendimento preenchidos erroneamente ou em branco. Assim, essa pesquisa visa elaborar um projeto de software para automação do preenchimento da ficha de atendimento do SAMU, com posterior desenvolvimento de um produto mínimo viável (em inglês, Minimum Viable Product - MVP), através de um aplicativo para tablets baseado em uma arquitetura de Big Data, visa-se agilizar o preenchimento da ficha, facilitar a inserção dos dados, diminuir erros de preenchimento e auxiliar na descoberta de conhecimentos para auxílio na tomada de decisões pelo SAMU. A metodologia científica será de natureza aplicada onde os produtos são o projeto de software e o MVP. Para tal, será realizada pesquisa bibliográfica exploratória para compreensão da temática, pesquisa documental sobre as fichas de atendimento com pesquisa de campo junto à stakeholders do SAMU para compreensão das necessidades. Para o desenvolvimento do projeto, serão utilizados alguns dos artefatos e eventos propostos pela gestão de projetos SCRUM (SOMMERVILLE, 2011), a proposta de obter feedback de potenciais clientes do Lean Startup (RIES, 2012), além das boas práticas de programação do Extreme Programming (XP), como programação em pares, integração contínua e refatoração (BECK, 2000).
Palavras-chave: Big Data
Engenharia de Software
Ficha de Atendimento
Gestão do Conhecimento
MVP
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2377
Data do documento: 23-Out-2018
Aparece nas coleções:IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
joao_victor_freitas_louro.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (23 a 26 de outubro de 2018)405.99 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.