EVENTOS Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2285
Tipo: Artigo
Título: COMPARAÇÃO DOS EFEITOS SEDATIVOS E DO REQUERIMENTO DE PROPOFOL NA INDUÇÃO ANESTÉSICA EM CÃES PRÉ MEDICADOS COM DEXMEDETOMIDINA NO ACUPONTO YINTANG E PELA VIA SUBCUTÂNEA
Autor(es): COSTA, Isabella Gomes da
QUARTERONE, Carolina
MARTINS, Alex Batista da Silva
SOUZA, Rafael da Conceição de
ALBUQUERQUE, Stephanie Borche
Abstract: A pesquisa tem como objetivo avaliar o escore de sedação e o requerimento de propofol com uso de subdose de dexmedetomidina no acuponto Yintang como medicação pré anestésica (MPA). Ainda, como objetivo específico, esse estudo pretende comparar os escores de sedação entre os grupos que receberam dexmedetomidina em subdose no ponto de acupuntura yintang, pela via subcutânea e cloreto de sódio 0,9% no Yintang, além de avaliar o requerimento de propofol nos mesmos grupos. A hipótese é que o uso de subdoses de dexmedetomidina no acuponto Yintang irá causar maior sedação e, consequente, menor requerimento de propofol em relação ao uso da dexmedetomidina apenas pela via subcutânea. Para o estudo serão empregados 45 cães, pesando entre 5 e 12kg, com idade entre 1 e 5 anos, hígidos, ambos os sexos, raças variadas, distribuídos de forma aleatória em 3 grupos: DEXYT (2 mcg/kg de dexmedetomidina no acuponto Yintang) DEXSC (2 mcg/kg de dexmedetomidina no subcutâneo) e CON (NaCl 0,9% no acuponto Yintang). A sedação será avaliada antes e 10, 20 e 30 minutos após os tratamentos (M0, M10, M20 e M30), analisando-se postura, reflexos oculares, posição do globo ocular, tônus mandibular, resposta ao som, resistência à contenção física, estado geral, frequência cardíaca, frequência respiratória, tempo de preenchimento capilar (TPC) e pressão arterial sistólica. Após 40 minutos dos tratamentos, será induzida anestesia geral intravenosa utilizando propofol (0,5 mg/kg) durante 15 segundos e, após cada bolus de propofol, serão avaliadas as condições para intubação orotraqueal como relaxamento mandibular e perda do reflexo interdigital. Se as condições para intubação não forem adequadas, um incremento de propofol na dose de 0,5 mg/kg será administrado até atingir condições necessárias para intubar e a dose registrada. É esperado que o uso de subdoses de dexmedetomidina no acuponto Yintang causará maior sedação nos animais, devido a potencialização do fármaco no acuponto e, consequentemente, menor requerimento de propofol em relação ao uso da dexmedetomidina apenas via subcutânea.
Palavras-chave: Acupuntura
Anestesia
Sedação
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2285
Data do documento: 23-Out-2018
Aparece nas coleções:IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
isabella_gomes_da_costa.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (23 a 26 de outubro de 2018)242.05 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.