EVENTOS Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2255
Tipo: Artigo
Título: EFEITO DO TREINAMENTO INTERVALADO DE ALTA INTENSIDADE SOBRE A APTIDÃO AERÓBIA, COMPOSIÇÃO CORPORAL, TAXA METABÓLICA DE REPOUSO, CONSUMO ALIMENTAR E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE MULEHRES ADULTAS COM SOBREPESO OU OBESIDADE
Autor(es): FRANCISCO, Walker William
SILVA, Valmir da
BRANCO, Braulio Henrique Magnani
ANDREATO, Leonardo Vidal
Abstract: O objetivo do presente estudo será analisar os efeitos do treinamento intervalado de alta intensidade (TIAI) sobre a aptidão aeróbia, composição corporal, taxa metabólica de repousa, consumo alimentar e nível de atividade física de mulheres adultas com sobrepeso ou obesidade. Para tanto, 26 mulheres adultas com sobrepeso (índice de massa corporal [IMC] > 25 kg/m2) ou obesidade (IMC > 30 kg/m2) participarão de um ensaio clínico randomizado com seguimento de oito semanas. Inicialmente, todas voluntárias serão submetidas a uma triagem médica para liberação para a prática de exercícios. Posteriormente, será conduzida uma randomização por meio de sorteio para divisão das participantes em dois grupos. O primeiro grupo (TIAI) realizará 3 sessões semanais de TIAI, compostas por 4 x 4 min à 80-90% do VO2máx alternado por 3 min à 60-70% do VO2máx. O segundo grupo (TCMI) realizará 3 sessões semanais de treinamento continuo de moderada intensidade (TCMI), compostas por sessões com intensidade relativa à 60-70% do VO2máx. O tempo de duração das sessões do TCMI será relativo ao gasto energético da sessão de TIAI. Na primeira e oitava semana serão conduzidas avaliações para estimar a composição corporal por bioimpedância multifrequêncial, aptidão aeróbia por teste progressivo máximo direto e taxa metabólica de repouso por avaliação direta do consumo de oxigênio. A cada duas semanas será monitorado o consumo alimentar via recordatório alimentar e nível de atividade física via pedômetro. Os dados serão apresentados em medidas centrais e de dispersão. A análise inferencial será por meio da análise de variância a dois fatores (grupo e momento), com medidas repetidas no segundo fator e uso do pós-teste de Bonferroni quando necessário. Será adotado 5% como nível de significância. Como resultados espera-se efeito positivo do TIAI sobre a aptidão aeróbia e composição corporal, sem alterações na taxa metabólica de repouso, consumo alimentar e nível de atividade física, parâmetros até então considerados como limitações das pesquisas prévias. Não se espera diferença entre os modelos de exercício, exceto para a aptidão aeróbia, variável na qual se espera resultados mais expressivos para o TIAI.
Palavras-chave: Inatividade física
Exercício físico
Sobrepeso
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2255
Data do documento: 23-Out-2018
Aparece nas coleções:IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
walker_william_francisco.doc.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (23 a 26 de outubro de 2018)406.51 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.