EVENTOS Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2223
Tipo: Artigo
Título: TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NAS DISFUNÇÕES SEXUAIS
Autor(es): SILVA, Valéria Lourenço da
VAZ, Gabriela Roberta Campos
COELHO, Kelley Cristina
Abstract: A Disfunção Sexual Feminina é uma patologia que afeta muitas mulheres brasileiras. No entanto, existem poucas pesquisas relacionadas ao assunto. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficácia do tratamento fisioterapêutico nas disfunções sexuais através do método Pilates associado ao cone intravaginal no fortalecimento, aumento do tônus e propriocepção dos músculos do assoalho pélvico. Participaram do presente estudo, duas pacientes com idade variando entre 22-32 anos, com fraqueza muscular do assoalho pélvico que reflete na sexualidade. Inicialmente as voluntárias foram submetidas a uma avaliação fisioterapêutica composta por: Avaliação Funcional da Musculatura do Assoalho Pélvico e a Palpação, utilizando a Escala de Ortiz para mensurar os resultados. Depois de avaliadas, iniciou-se o tratamento composto de exercícios do método Pilates associados ao cone intravaginal, totalizando 10 sessões, duas vezes por semana, com média de 40 minutos cada. Após o tratamento as pacientes foram reavaliadas como os mesmos instrumentos utilizados na avaliação inicial e os dados foram tabelados. Foi possível observar melhora do quadro das pacientes com aumento da força muscular através da Avaliação Funcional do Assoalho Pélvico que apresentou média entre as pacientes de 1,5 na escala de Ortiz na avaliação inicial e 4 de média na reavaliação, o tônus avaliado através da Palpação obteve média inicial de 1,5, e média final de 3,5. Podemos concluir com a presente pesquisa que o tratamento fisioterapêutico avaliado com o método Pilates associado ao cone intravaginal é capaz de melhorar a força e o tônus da musculatura do assoalho pélvico. Devido ao limitado número de participantes, sugerimos a realização de novos estudos para comprovação dos resultados.
Palavras-chave: Fraqueza muscular
Anorgasmia
Sexualidade
Qualidade de vida
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2223
Data do documento: 23-Out-2018
Aparece nas coleções:IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
valeria_lourenco_silva.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (23 a 26 de outubro de 2018)471 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.