EVENTOS Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2161
Tipo: Artigo
Título: ESTRUTURA DA COMUNIDADE ZOOPLANCTÔNICA NO RIO PIRAPÓ E EM ALGUNS DE SEUS TRIBUTÁRIOS
Autor(es): SOUZA, Rosilene Felizardo de
MASQUETO, Gustavo
LANSACTÔHA, Fernando Miranda
OLIVEIRA, Felipe Rafael de
VELHO, Luiz Felipe Machado
Abstract: A comunidade zooplanctônica tem fundamental importância nas cadeias alimentares aquáticas, sendo o elo entre os produtores, ou nível trófico primário e consumidores de maior porte, ou níveis tróficos superiores, além de participar na remineralização dos nutrientes. Deste modo o objetivo do presente estudo foi investigar a variação espaço-temporal na composição, riqueza e abundância da comunidade zooplanctônica no rio Pirapó, e em alguns de seus afluentes, em duas fases do ciclo hidrológico (período de estiagem e período chuvoso). As amostras foram tomadas em 5 pontos de amostragem ao longo do rio principal, e em quatro de seus tributários. O zooplâncton foi coletado utilizando-se redes de plâncton com 60 micrômetros de abertura de malha e o material coletado foi acondicionado em frascos de polietileno e fixado em solução final de formaldeído 4%, tamponada com carbonato de cálcio. Foram registradas 53 espécies do zooplâncton, sendo os protozoários testáceos o grupo mais especioso, representado por 22 espécies, e Centropyxis aculeata e a Centropyxis ecornis, as espécies mais representativas. Tendência de maior riqueza de espécies foi observada nos tributários no período chuvoso, enquanto que, no período seco, houve uma inversão nessa tendência, tendo o rio principal os maiores valores de riqueza. Em relação a abundância numérica o período de estiagem foi o mais representativo com uma média de 2.746,11 indivíduos. Portanto, corrobora o padrão frequentemente registrado para ambientes lóticos e sugere sua utilização em estudos ambientais sobre a comunidade zooplanctônica de rios de pequeno e grande porte.
Palavras-chave: Ambientes lóticos
Bacia hidrográfica
Bioindicadores
Ecologia
Zooplâncton
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2161
Data do documento: 23-Out-2018
Aparece nas coleções:IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
rosilene_felizardo_souza_2.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (23 a 26 de outubro de 2018)463.24 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.