01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES - PPGGCO
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1100
Tipo: Other
Título: A educação na gestão do conhecimento: um estudo crítico do discurso da competência
Autor(es): GOZZI, Fernanda
Abstract: As reformas educacionais implantadas na década de 1990, no Brasil, procuraram traduzir as demandas do capital para responder às exigências emanadas pelos interesses econômicos internacionais. O referido período, marcado por transformações sociais, no cenário econômico nacional e internacional, transferiu para a escola responsabilidades que não faziam parte das suas finalidades, como formar o cidadão para o mercado de trabalho. No Brasil, após um regime político autoritário, as políticas nacionais foram marcadas por tentativas de reestruturação econômica bem como por reformas educacionais que implicavam repensar a estruturação social para atender as novas demandas do âmbito político-econômico. Tais reformas implicaram na assimilação de aspectos neoliberais na educação, cujos reflexos se fizeram na redução dos direitos sociais e na definição de tendências pedagógicas abertas às teorias da competência e da sociedade do conhecimento. O discurso da competência contextualiza-se a partir de Philippe Perrenoud, que agrega à noção de competência o domínio de um tipo de tarefa e de situação cotidiana que reflete na compreensão da ação empreendida e do uso a que essa ação se destina. O conceito de competência no Brasil surgiu por meio da Lei de Diretrizes e Bases – Lei 9.394/96, que inseriu nas escolas novas formas de gestão escolar, maior flexibilidade dos profissionais envolvidos, autonomia e mobilidade. Ao reconhecer que a escola é o espaço no qual as competências docentes são exigidas para o desenvolvimento de agentes de mudança em face dos desafios sociais e econômicos apresentados, a educação assume papel fundamental na formação dos sujeitos. Nesta perspectiva, este trabalho procurou estudar o discurso da competência presente no contexto educacional e na Gestão do Conhecimento. Para tal, a metodologia utilizada pautou-se na perspectiva crítica-filosófica a fim de realizar estudo bibliográfico por meio de análise de conteúdo. Os resultados confirmam que, no contexto educacional, a competência está ligada à capacitação para o mercado de trabalho, ou seja, a escolarização torna-se mecanismo de promoção de trabalhadores que sejam capazes de mobilizar conhecimentos práticos às suas atuações profissionais.
Palavras-chave: Gestão do Conhecimento
Educação
Competência
Políticas Educacionais
Editor: Unicesumar
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br//handle/123456789/1100
Data do documento: 2-Abr-2018
Aparece nas coleções:GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES - PPGGCO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fernanda GOZZI-FINAL.pdfDissertação750.18 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.