01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1050
Tipo: Dissertação
Título: Gestão ambiental no setor de alimentação coletiva: estratégias de educação ambiental e Marketing verde
Autor(es): FELISBERTO, Pâmella Olivia
Primeiro Orientador: EMANUELLI, Isabele Picada
metadata.dc.contributor.advisor-co1: ANDREAZZI, Marcia Aparecida
Abstract: A produção sustentável e o consumo consciente são práticas que estão sendo utilizada por empresas para minimizar os impactos ambientais negativos no ecossistemas. As organizações buscam se adaptar a esse novo mercado exigente. As empresas passam por um período de transição e implementação de ações sustentáveis e estão sendo desafiadas a encontrar novas formas e práticas produtivas sustentáveis. Para isso é preciso entender o conhecimento ambiental dos colaboradores e clientes. Objetivou-se nesse estudo realizar um diagnóstico do impacto ambiental e da percepção socioambiental em um restaurante escola, visando desenvolver ações de práticas sustentáveis baseadas em ferramentas de educação ambiental e marketing verde. Aplicou-se uma pesquisa caraterística mista quali-quantitativa, com pesquisa de campo realizado por meio de observações sistemáticas dos processos de produção e de gerenciamento do estabelecimento e aplicação dos instrumentos de diagnóstico. O impacto ambiental foi mensurado pela matriz de impacto ambiental, podendo variar de –125 a +125, sendo o ideal, valores próximos a zero. Para percepção socioambiental foi aplicado com os 13 colaboradores um instrumento composto por quatro blocos de questionários de percepção nas seguintes temáticas: comportamento ecológico; comportamento social; Individualismo e Coletivismo, e conhecimento socioambiental. Para os 300 clientes adotou-se a escala do novo paradigma ecológico (Escala-NEP). Foram avaliados sete fatores: 1) Preocupação Global e Local (PRGL), 2) Consumo Verde (CV), 3) Atitude Local (AL), 4) Decrescimento (DC), 5) Antropocentrismo (AT), 6) Crenças (CR), e 7) Controle do Crescimento Econômico. Cada fator era composto por um grupo de questões sobre a temática. A última seção do estudo apresenta a caracterização da proposta de gestão ambiental, onde se desenvolve as propostas e identifica-se os pontos de intervenção. Todos os questionários continham perguntas de múltipla escolha na escala tipo Likert variando os níveis conforme o tipo de avaliação. O diagnóstico do impacto ambiental apontou um índice médio variando de -86 à 4, com uma média de -33, confirmando a necessidade da mensuração da percepção sócio-ambiental. Nos colaboradores, evidenciou-se grande preocupação com o comportamento social (3,5, escala 1-4), os níveis foram medianos para o conhecimento socioambiental (3,3; escala 1-5) e para o planejamento de vida (4,86; escala 1-7); porém, quanto o comportamento ecológico foi mais modesto (2,6 a 3,5; escala 1-6). Nos clientes, a percepção socioambiental indicou, na maioria dos fatores avaliados (PR, AL, DC, AT, CR, CE), uma concordância para as questões relacionadas a temática socioambiental. Por outro lado, nas questões que compunham o fator consumo verde, obteve-se que a maioria dos clientes não praticavam os hábitos verdes, ou eram indiferentes a eles, indicando que mesmo tendo entendimento sobre as questões socioambientais o participante não colocava frequentemente em seu consumo a prática de hábitos e compras verdes. Com isso, detectou-se uma necessidade imediata de inserção de instrumentos de educação ambiental e ações de marketing verde no grupo estudado, principalmente por se tratar de um restaurante inserido dentro de um contexto universitário, ou seja, pedagógico. Além disso, a aplicação do questionário de percepção socioambiental possibilitou compreender a importância da educação ambiental no contexto empresarial e pedagógico, assim como, diagnosticar que os colaboradores e clientes envolvidos no processo necessitam adotar um comportamento mais sustentável, visto que influenciam diretamente a construção sustentável da organização.
Palavras-chave: Ferramentas de Gestão Socioambiental
Marketing Ambiental
Restaurante Escola
Sensibilização Ambiental
Sustentabilidade
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1050
Data do documento: 27-Jul-2018
Aparece nas coleções:TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PÂMELLA OLIVIA FELISBERTO.pdfDissertação1.47 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.