01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1041
Tipo: Dissertação
Título: Percepção ambiental dos frequentadores de áreas verdes de uma cidade do interior da região Sul do Brasil: um estudo sobre parques urbanos
Autor(es): SANTOS, Silvio Alexandre Dos
Primeiro Orientador: VELHO, Luiz Felipe Machado
metadata.dc.contributor.advisor-co1: VELHO,Ana Paula Machado
Abstract: Este estudo buscou compreender a percepção dos maringaenses em relação às reservas e parques urbanos da cidade, visto que estes espaços, muitas vezes, não apresentam ferramentas eficazes que permitam cumprir as suas missões: diminuir os impactos ambientais das aglomerações urbanas e manter o vínculo do homem com sua essência biológica, sua natureza física e subjetiva. Os parques selecionados para este estudo foram: O Parque do Ingá e o Parque Municipal Alfredo Werner Nyffeler. Na elaboração do trabalho foi empregada metodologia de pesquisa de campo exploratória por amostragem, por meio de aplicação de questionário semi-estruturado para levantamento de dados. Com o objetivo de quantificar e definir as funções físicas e psicológicas dos Parques, que são percebidos por meio de sensações transmitidas aos seus usuários, realizou-se a aplicação de 212 questionários, tendo como público-alvo os frequentadores dos Parques em estudo. A presente pesquisa, além de investigar o perfil dos usuários constatou que, entre os entrevistados, há um moderado equilíbrio de gênero. Observou-se ainda que a faixa etária predominante dos frequentadores é composta por adultos com idade entre 25 e 44 anos e que poucos jovens e idosos frequentam os parques nos fins de semana. Um dos resultados mais interessantes deste estudo é que o sentimento de bem-estar, assim como os benefícios relacionados à saúde física e mental e ao contato com a natureza emergiram consensualmente como atributos altamente valorizados pelos usuários de ambos os parques. Os resultados desta pesquisa, apontam que as áreas verdes urbanas são espaços amplamente valorizados pelo público que frequenta estas áreas. Além de promover entre os seus usuários um maior contato com a natureza, estes espaços são amplamente utilizados para a prática de atividades físicas, para o descanso e para o lazer. A busca por estas atividades em locais considerados verdes e livres reafirma a ideia do parque como elemento que contribui para a melhoria da qualidade de vida da população.
Palavras-chave: Parques Urbanos
Percepção Ambiental
Áreas Verdes
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1041
Data do documento: 25-Abr-2017
Aparece nas coleções:TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SÍLVIO ALEXANDRE DOS SANTOS.pdfDissertação1.06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.