01 - CAMPUS MARINGÁ 3. TESES E DISSERTAÇÕES TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1039
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação e índice de qualidade da água: análise de agrotóxicos por cromatografia em fase gasosa acoplada à espectrometria de massas na bacia do rio do campo, município de Campo Mourão - PR
Autor(es): SILVA, Paulo Sérgio Da
Primeiro Orientador: GONÇALVES, José Eduardo
metadata.dc.contributor.advisor-co1: LIZAMA, Maria de Los Angeles Perez
Abstract: O Rio do Campo é o manancial de captação de águas superficiais responsável por 80% do abastecimento público de Campo Mourão-PR. A área de estudo compreende aproximadamente 170 km², o uso do solo é predominado pela agricultura no entorno da bacia do Rio do Campo, nas áreas de nascentes nos pontos 01, 02, 03 a montante do ponto de captação para abastecimento público e do perímetro urbano; a agricultura, sendo cultivares a soja, o milho e o trigo, nos pontos 04, 05, 06, margeando o perímetro urbano do município de Campo Mourão-PR. O objeto desta pesquisa foi avaliar a qualidade da água, através dos parâmetros físico-químicos e biológicos para Temperatura, Potencial hidrogeniônico, Potencial de Oxirredução, Condutividade, Oxigênio dissolvido, Porcentagem de oxigênio dissolvido, Resíduo total, Coliformes fecais, Demanda bioquímica de oxigênio, Nitrogênio total, Fósforo total, bem como a análise de agrotóxicos por cromatografia, em fase gasosa acoplada à espectrometria de massas. Foram efetuadas 5 coletas de amostra de água, no período de março de 2016 a maio de 2017, três amostras a montante da captação, para abastecimento e outras três a jusante da captação. Os resultados obtidos para o índice de qualidade de água (IQA) para os pontos 03 e 06, foram comparados com àqueles da resolução do conselho nacional de meio ambiente (CONAMA) nº 357/2005 e classificação pela agência nacional das águas (ANA), nestas análises físico-químicas e biológicas. Para as análises de DBO, nitrogênio e fósforo totais, no ponto 03 de coleta, os resultados são 2,0 mg L-1, 4,25 mg L-1 e 4,25 mg L-1, respectivamente, e no ponto 06 são 22,4 mg L-1, 4,25 mg L-1 e 0,10 mg L-1, esses resultados mostraram alteração em comparação à legislação vigente, onde o nitrogênio ficou 13% acima do valor máximo permitido e o fósforo 45 vezes maior e classificado no índice de qualidade da água como péssimo. Na análise de coliforme, o resultado apresentou a presença de coliformes termotolerantes em quantidade superior ao limite de 1000 coliformes / 100 ml, também classificado no índice de qualidade da água como péssimo. O índice de qualidade de água – IQA calculado foi de 41 e classificou como ruim, a água bruta do Rio do Campo entre os pontos de coleta 03 e 06, já o índice do estado trófico para fósforo total – IET(PT) apontou a classificação como sendo mesotrófico, com produtividade intermediária e possíveis implicações sobre a qualidade da água, mas em níveis aceitáveis. A análise para identificação de agrotóxicos por cromatografia, em fase gasosa acoplada à espectrometria de massas (CG/EM) nas amostras, mostrou a presença destes analitos em 16 amostras das 30 analisadas. Dos 21 agrotóxicos estudados, 9 foram detectados e 7 quantificados. Os valores de concentração dos agrotóxicos nas amostras variaram entre 1,9 - 153 ng L-1. Os agrotóxicos identificados nas amostras são: Heptacloro, Heptacloro epóxido, Aldrin, Endrin, Dieldrin, Endossulfam, Metolacloro, Permetrina e DDT. O método de (CG/EM) aplicado neste trabalho permitiu a determinação de agrotóxicos organoclorados em amostras de água. Os limites encontrados foram baixos, suficientes para se detectar essas substâncias a um nível inferior ao estabelecido pela legislação nacional. Esses resultados permitem concluir que os agrotóxicos organoclorados ainda estão sendo utilizados em grandes quantidades e são utilizados como ferramenta para aumentar a produção agrícola. Os dados demostram também a necessidade constante de monitoramento da qualidade de água nos mananciais de abastecimento.
Palavras-chave: Agrotóxicos
Manancial
Análise cromatográfica
Idioma: por
País: Brasil
Editor: UNIVERSIDADE CESUMAR
Sigla da Instituição: UNICESUMAR
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1039
Data do documento: 7-Set-2017
Aparece nas coleções:TECNOLOGIAS LIMPAS E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL - PPGTL

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PAULO SERGIO DA SILVA.pdfDissertação1.65 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.