DSpace Repository

ATIVIDADES DE LAZER PARA IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS E IDOSOS DA COMUNIDADE

Show simple item record

dc.creator CASTRO, Vivian Carla de
dc.creator DERHUN, Flávia Maria
dc.creator FERRARI, Roberta Fernanda Rogonni
dc.creator CARREIRA, Lígia
dc.date.accessioned 2019-11-28T13:12:55Z
dc.date.available 2019-11-28T13:12:55Z
dc.date.issued 2015-11-04
dc.identifier.isbn 978-85-8084-996-7
dc.identifier.uri http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3231
dc.description.abstract O objetivo do estudo foi comparar o perfil sociodemográfico e as atividades de lazer realizadas por idosos residentes nas Instituições de Longa Permanência para Idosos do município de Maringá-PR e idosos da comunidade do município de Maria Helena-PR.Trata-se de uma pesquisa feita com dados originários de duas dissertações de mestrado , ambas do tipo transversal, com abordagem quantitativa. A coleta dos dados foi realizada entre janeiro e março de 2013 com 97 idosos institucionalizados e entre dezembro de 2013 e março de 2014 com 387 idosos da comunidade, totalizando 484 participantes . Foi utilizado como instrumento um questionário sócio demográfico e de lazer. As informações sobre as atividades de lazer foram organizadas conforme as categorias:físicas, manuais, artísticas, intelectuais, associativas e turísticas. Os critérios de inclusão comuns para os participantes foram: possuir idade igual ou superior a 60 anos e apresentar capacidade de compreensão para responder às questões do estudo assegurado pela aplicação do Mini-Exame do Estado Mental (MEEM) ajustado à escolaridade. Além destes, os idosos institucionalizados deveriam residir, no mínimo, há seis meses na ILPI; e os idosos da comunidade deveriam estar cadastrados no Sistema de Informação da Atenção Básica por meio da Ficha A e residir na área urbana do município. Os dados foram apresentados em forma de tabela e analisados descritivamente, por meio de frequências absolutas e relativas.Entre os idosos da comunidade, 100% realizam alguma atividade de lazer, enquanto entre os institucionalizados, 69% relataram praticar o lazer. As atividades intelectuais e associativas foram as mais relatadas pelos idosos de ambos os grupos. Estes resultados podem despertar novas possibilidades de intervenção no âmbito da promoção da saúde, intermediada pelo direcionamento adequado do lazer pelos profissionais de saúde, com o intuito de atender as reais necessidades dos idosos. pt_BR
dc.language por
dc.publisher UNIVERSIDADE CESUMAR pt_BR
dc.rights Acesso Aberto
dc.subject Atividades de lazer pt_BR
dc.subject Idoso pt_BR
dc.subject Enfermagem geriátrica pt_BR
dc.subject Instituição de longa permanência para idosos pt_BR
dc.title ATIVIDADES DE LAZER PARA IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS E IDOSOS DA COMUNIDADE pt_BR
dc.type Artigo pt_BR
dc.publisher.country Brasil
dc.publisher.initials UNICESUMAR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record