DSpace Repository

A CORRELAÇÃO ENTRE AS QUEIXAS AUDITIVAS E O COMPORTAMENTO VOCAL EM CANTORES DEVIDO A EXPOSIÇÃO A RUÍDOS

Show simple item record

dc.creator CAROLI, João Vitor Lorite
dc.creator ENUMO, Carolina Semiguen
dc.creator VIEIRA, Luciana Fracalossi
dc.date.accessioned 2019-08-28T17:49:30Z
dc.date.available 2019-08-28T17:49:30Z
dc.date.issued 2018-10-23
dc.identifier.isbn 978-85-459-1280-4
dc.identifier.uri http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2373
dc.description.abstract A exposição a sons e ruídos tem dificultado o bom desempenho de cantores, uma vez que eles passam horas expostos a intensidades sonoras elevadas, devido aos ensaios e apresentações frequentes, o que lhes causa danos à audição e, consequentemente, poderá leva-los a fazer uso abusivo da voz. Na prática clínica fonoaudiológica, os cantores atêm-se a cuidar somente da voz, esquecendo-se, muitas vezes, de que é necessário um cuidado com a audição também. Por esse motivo, torna-se necessário relacionar os principais fatores, relacionado à exposição ao ruído, que podem interferir no bom desempenho dos cantores em suas performances. Também é preciso elencar aquilo que venha a ser nocivo à saúde auditiva e vocal, porque essa população possui uma demanda de frequentes apresentações que lhes exige vastas horas de exposição a sons elevados, o que os torna profissionais ocupacionais que precisam de acompanhamentos e cuidados frequentes para evitar o surgimento de patologias ou danos prejudiciais à comunicação, em todos os aspectos, para o resto de suas vidas. Diante disso, esta pesquisa terá o objetivo de identificar as principais queixas auditivas, as extra-auditivas e as principais consequências e características vocais nos cantores devido à exposição a ruídos. Para a realização deste estudo, será feita uma entrevista individual, junto à aplicação de um questionário com 17 questões referentes à prática musical, história auditiva e história vocal de 50 cantores, profissionais e amadores, de distintos segmentos musicais em uma cidade localizada no norte do Paraná. O tratamento dos dados será feito de forma qualitativa e quantitativa, por meio de tabela de Excel e também por análise estatística dos resultados. Espera-se apontar os principais fatores e sintomas, auditivos e vocais, a que esses indivíduos estão submetidos devido aos ruídos sonoros, bem como desenvolver estratégias por meio de orientações para a prevenção e promoção de saúde para essa população. pt_BR
dc.language por
dc.publisher UNIVERSIDADE CESUMAR pt_BR
dc.rights Acesso Aberto
dc.subject Voz cantada pt_BR
dc.subject Desconforto sonoro pt_BR
dc.subject Saúde Vocal pt_BR
dc.subject Saúde Auditiva pt_BR
dc.title A CORRELAÇÃO ENTRE AS QUEIXAS AUDITIVAS E O COMPORTAMENTO VOCAL EM CANTORES DEVIDO A EXPOSIÇÃO A RUÍDOS pt_BR
dc.type Artigo pt_BR
dc.publisher.country Brasil
dc.publisher.initials UNICESUMAR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record