01 - CAMPUS MARINGÁ 1. TCC ENFERMAGEM
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7870
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSILVA, Fernanda Martins-
dc.creatorSOUZA, Vinícius Brito de-
dc.date.accessioned2021-02-19T13:49:19Z-
dc.date.available2021-02-19-
dc.date.available2021-02-19T13:49:19Z-
dc.date.issued2021-02-19-
dc.identifier.citationSILVA, Fernanda Martins; SOUZA, Vinícius Brito de. Equipe de enfermagem frente ao racismo institucional. 16f. 2020. Unicesumar – Universidade Cesumar: Maringá, 2020.pt_BR
dc.identifier.otherPresencialpt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7870-
dc.description.abstractThe objective is to understand the perception of nursing professionals regarding institutional racism. This is an exploratory descriptive research, with a qualitative approach. The present study was developed in a municipality in the Northwest of the State of Paraná, exclusively at the Secretary of Health, in the Epidemiological Surveillance sector, the population was made up of nursing professionals in the sector, who are divided into different categories, among them nurses, nursing technicians and nursing assistants who were interviewed and later the interviews were transcribed and analyzed by Bardin's content analysis. Through the analysis of the results it was possible to highlight four different categories: Signifying institutional racism, Experiencing institutional racism, Knowledge about the comprehensive national health policy of the black population and Fichting institutional racism.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectProfissionais de Enfermagempt_BR
dc.subjectMonitoramento Epidemiológicopt_BR
dc.subjectNotificação Compulsóriapt_BR
dc.titleEquipe de enfermagem frente ao racismo institucionalpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.contributor.advisor1CHARLO, Patrícia Bossolani-
dc.contributor.referee1SILVA, Marcelo da-
dc.contributor.referee2CHARLO, Patrícia Bossolani-
dc.description.resumoObjetiva-se compreender a percepção dos profissionais de enfermagem frente ao racismo institucional. Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória, com abordagem qualitativa. O presente estudo foi desenvolvido em um município do Noroeste do Estado do Paraná, exclusivamente na Secretária de Saúde, no setor de Vigilância Epidemiológica, a população foi constituída por profissionais de enfermagem do setor, os quais são divididos em diferentes categorias, dentre eles enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares de enfermagem que foram entrevistados e posteriormente as entrevistas foram transcritas e analisadas pela análise de conteúdo de Bardin. Por meio da análise dos resultados, foi possível evidenciar quatro diferentes categorias: Significando o racismo institucional, Vivenciando o racismo institucional, Conhecimentos sobre a política nacional integral de saúde da população negra e Combatendo o racismo institucional.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEMpt_BR
Aparece nas coleções:ENFERMAGEM

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SILVA, Fernanda Martins; SOUZA, Vinícius Brito de.pdfArtigo apresentado ao curso de graduação em Enfermagem da Universidade Cesumar – UNICESUMAR como requisito parcial para a obtenção do título de bacharel(a) em Enfermagem, sob a orientação do Prof. Ms. Patrícia Bossolani Charlo.548.95 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.