EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica IV EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (19 a 22 de Outubro de 2005)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7657
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorAUGUSTO, Paulo Fernando-
dc.creatorOLIVEIRA, Persio Sandir de-
dc.date.accessioned2021-02-17T10:56:39Z-
dc.date.available2005-10-19-
dc.date.available2021-02-17T10:56:39Z-
dc.date.issued2005-10-19-
dc.identifier.otherPresencialpt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7657-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectErva cidreira brasileirapt_BR
dc.subjectRendimentopt_BR
dc.subjectOleo essencialpt_BR
dc.titleEFEITO DA ÉPOCA DE COLHEITA E TIPO DE SECAGEM NA PRODUÇÃO DE ÓLEO ESSENCIAL DA ERVA CIDREIRA-BRASILEIRA (LIPPIA ALBA) (MILL) N.E. BRpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA fitoterapia é um termo que surgiu na medicina moderna, este nome vem da vem da palavra grega fhtoi ( plantas) e qerapa ( tratamento) ou seja o tratamento por meio de plantas. Esta terapia se caracteriza através dos recursos naturais que são utilizados na terapêutica como, por exemplo, as plantas frescas, secas e seus preparados.Como a maioria das drogas brasileiras são fitoterápicos provenientes de vegetais silvestres, ou seja, vegetais que não foram cultivados em suas melhores condições, certamente estas plantas dão origem a drogas que nem sempre possuem uma boa qualidade. Os óleos essenciais são substâncias proveniente do metabolismo secundário das plantas,e são utilizados para fins medicinais. A Lippia alba tem um amplo uso pela população para fins analgésicos e antipasmóticos. Como o teor do óleo essencial sofre influência de alguns fatores relacionados com a colheita e com método de secagem, este trabalho vem por meio desta tentar sanar as dúvidas em relação a estas variáveis.Objetivo: Avaliar qual a época do ano e método de secagem em que se terá uma maior produção de óleo essencial.Metodologia:O meses que foram analisados são os de março e junho, o óleo essencial foi obtido por hidrodestilação em aparelho clevenger,os métodos de secagem foram a secagem em estufa a 45oC, ao ambiente, e a planta recém colhida. Discussão: com a análise dos dados obtidos foi observado que o mês de março obteve uma maior produção de óleo essencial do que em relação ao mês de junho, isto graças a que no mês de março a insolação e temperatura são maiores do que no mês de junho favorecendo assim a produção do óleo essencial, em relação ao método de secagem a seca ao ambiente obteve um maior rendimento de óleo essencial.Conclusão: Para se ter uma maior produção do óleo essencial é melhor que a colheita seja feita no mês de março do que no de junho e que a secagem seja ao ambiente.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
Aparece nas coleções:IV EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (19 a 22 de Outubro de 2005)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
paulo_fernando_augusto.pdf11.87 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.