01 - CAMPUS MARINGÁ 1. TCC MEDICINA
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7505
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorIVANTES, Ana Flávia Cury; MARTINS, Mariana Bussaneli-
dc.date.accessioned2021-02-15T18:05:25Z-
dc.date.available2021-02-15-
dc.date.available2021-02-15T18:05:25Z-
dc.date.issued2021-02-15-
dc.identifier.citationIVANTES, Ana Flávia Cury; MARTINS, Mariana Bussaneli. Conhecimento populacional sobre prevenção e reconhecimento de sinais do câncer de pele: um estudo transversal. 35f. 2020. Unicesumar - Universidade Cesumar: Maringá 2020.pt_BR
dc.identifier.otherPresencialpt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7505-
dc.description.abstractThe prevalence of skin cancer is increasing considerably in Brazil in recent years. The population's knowledge about this condition can be decisive for the clinical outcome, since its poor prognosis is associated with the progression of the disease. In this sense, the objective of this study was to verify the knowledge of the population in a university environment about the characteristics, risk factors and care in the prevention of skin cancer. This is a cross-sectional study carried out in Maringá-PR, using a validated questionnaire. 458 individuals were interviewed, which 62.01% were women and 37.99% were men, ranging from students in the exact, human or biological fields and professionals at the institution. For analysis, family income and skin phototype of respondents and family income were considered. The methodology was based on a score made by scoring the questions, separating the interviewees into groups with low and high knowledge. To measure the level of information, based on the variables, univariate and multivariate logistic regression was used. The data obtained showed that most of the participants had good knowledge related to the general aspects of the disease, which was positively related to two sociodemographic variables: area of study of the participants - health and family income - above 6 minimum wages. However, preventive practices have shown little widespread, even in groups with good knowledge. Therefore, this work shows the need for informational actions on skin neoplasms, and their practice by the population, in order to help in the prevention and early detection of the disease, which provides a better prognosis.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCâncer de Pelept_BR
dc.subjectPrevençãopt_BR
dc.subjectSaúde Coletivapt_BR
dc.titleConhecimento populacional sobre prevenção e reconhecimento de sinais do câncer de pele: um estudo transversalpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.contributor.advisor1BRITO, Karin Juliane Pelizzaro Rocha-
dc.description.resumoA prevalência do câncer de pele está aumentando consideravelmente no Brasil nos últimos anos. O entendimento da população acerca dessa condição pode ser decisivo para o desfecho clínico, já que seu mau prognóstico está associado ao avanço da doença. Neste sentido, o objetivo deste estudo foi verificar o conhecimento da população em ambiente universitário sobre as características, fatores de riscos e cuidados na prevenção do câncer de pele. Trata-se de um estudo transversal realizado em Maringá-PR, por meio de questionário validado. Foram entrevistados 458 indivíduos, dos quais 62,01% eram mulheres e 37,99% eram homens, variando entre estudantes das áreas de exatas, humanas ou biológicas e profissionais da instituição. Para análise, foram considerados fototipo de pele dos entrevistados e a renda familiar. A metodologia foi baseada em um escore feito pela pontuação das questões, separando os entrevistados em grupos com baixo e alto conhecimento. Para medir o nível de informação, com base nas variáveis, foi utilizada regressão logística univariada e multivariada. Os dados obtidos evidenciaram que a maioria dos participantes apresentaram bom conhecimento relacionado aos aspectos gerais da doença, a qual foi positivamente relacionada com duas variáveis sociodemográficas: área de estudo dos participantes – saúde e renda familiar – superior a 6 salários mínimos. Contudo, as práticas preventivas mostraram-se pouco difundidas, mesmo nos grupos com bom conhecimento. Portanto, esse trabalho mostra a necessidade de ações informativas sobre as neoplasias cutâneas e sua prática pela população, a fim de ajudar na prevenção e na detecção precoce da doença, o que proporciona um melhor prognóstico.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINApt_BR
Aparece nas coleções:MEDICINA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IVANTES, Ana Flávia Cury; MARTINS, Mariana Bussaneli .pdfArtigo apresentado ao Curso de Graduação em Medicina da Universidade Cesumar – UNICESUMAR como requisito parcial para a obtenção do título de Bacharel(a) em Medicina, sob a orientação do Profa. Dra. Karin Juliane Pelizzaro Rocha-Brito MARINGÁ – PR 2020552.48 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.