01 - CAMPUS MARINGÁ 1. TCC ARQUITETURA E URBANISMO
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7311
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorCONARTIOLI, Brendo-
dc.date.accessioned2021-02-10T14:09:44Z-
dc.date.available2021-02-10-
dc.date.available2021-02-10T14:09:44Z-
dc.date.issued2021-02-10-
dc.identifier.citationCONARTIOLI, Brendo. Diretrizes projetuais da arquitetura inclusiva nos espaços públicos da região central de Maringá. 33f. 2020. Unicesumar - Universidade Cesumar: Maringá, 2020.pt_BR
dc.identifier.otherPresencialpt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7311-
dc.description.abstractIn order to preserve the intrinsic history of Maringa, it is necessary to understand the possible ways of accessibility and inclusion in public spaces that seek to preserve the memory of who we were and what we are and, thus, preserve the identity of a certain place. For this, it is necessary to discuss social and cultural integration in the urban space, which implies, first of all, to understand that these are actions of individual recognition. This article aims to highlight the importance of looking at people with reduced mobility, whether they are elderly, pregnant women, lactating women and people with Special Needs or PCDs in the use of public space, as according to some research carried out shows us the difficulties faced in the cities by these people, during the analysis, it was possible to understand that preserving public spaces is to destine urban mobility to social inclusion and regional culture in an integrated way, towards a collective identity, acting directly in the material recognition of these spaces, which represent the identity of the population of Maringá and region. In this sense, it is necessary to establish support spaces that encourage use, respecting the inclusion and preservation of the public space. Thus, valuing a good implies recognizing it as an integral part of its social and cultural identity, only in this way will it be possible to act in defense of inclusive architecture.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectIdentidade culturalpt_BR
dc.subjectInclusão Socialpt_BR
dc.subjectMobilidade Reduzidapt_BR
dc.subjectEspaço Público Urbanopt_BR
dc.titleDiretrizes projetuais da arquitetura inclusiva nos espaços públicos da região central de Maringápt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.contributor.advisor1NINO, Paulo-
dc.description.resumoPara se conservar a intrínseca história de Maringá, é preciso entender as possíveis maneiras de acessibilidade e inclusão nos espaços públicos que busquem conservar a memória daquilo que fomos e do que somos e, assim, preservar a identidade de um certo local. Para isso, é preciso discutir a integração social e cultural no espaço urbano, o que implica, primeiramente, entender que se trata de ações de reconhecimentos individuais. Este artigo tem por objetivo salientar a importância de dirigir o olhar para as pessoas com mobilidade reduzida sejam elas , idosos, gestantes, lactantes e pessoas Portadoras de Necessidades Especiais ou PCDs na utilização do espaço público, pois segundo algumas pesquisas realizadas nos mostra as dificuldades enfrentadas nas cidades por estas pessoas , durante a análise, foi possível compreender que preservar os espaços públicos é destinar a mobilidade urbana a inclusão social e a cultura regional de maneira integrada, em direção a uma identidade coletiva, agindo diretamente no reconhecimento material destes espaços, que representam a identidade da população de Maringá e região. Nesse sentido, é preciso estabelecer espaços de apoio que fomentem o uso, respeitando a inclusão e a preservação do espaço público. Desta forma, valorizar um bem implica em reconhecê-lo como parte integrante de sua identidade social e cultural, somente desta maneira será possível atuar na defesa da arquitetura inclusiva.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRApt_BR
Aparece nas coleções:ARQUITETURA E URBANISMO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CONARTIOLI, BRENDO.pdfArtigo apresentado ao curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo da UniCesumar – Universidade Cesumar como requisito parcial para a obtenção do título de bacharel(a) em Arquitetura e Urbanismo, sob a orientação do Prof. Dr. Paulo Nino.18.93 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.