EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6878
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPRATI, Sérgio Roberto Adriano-
dc.creatorPRATI, Alessandra Regina Carnelozzi-
dc.creatorDERNER, Fernanda Aparecida-
dc.creatorCAMPOS, Carolina Ferreira Costa-
dc.creatorCOELHO, Evelin Carla-
dc.date.accessioned2021-01-28T16:47:17Z-
dc.date.available2007-10-23-
dc.date.available2021-01-28T16:47:17Z-
dc.date.issued2007-10-23-
dc.identifier.issn9788561091002pt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6878-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAptidãopt_BR
dc.subjectFísicapt_BR
dc.subjectDança clássica e contemporâneapt_BR
dc.subjectDesempenho motorpt_BR
dc.titleDANÇA CLÁSSICA E CONTEMPORÂNEA: DIFERENÇAS DE APTIDÃO FÍSICA E DESEMPENHO MOTOR EM GRUPOS AMADORES E PROFISSIONAIS4pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA dança como qualquer atividade física que exija certo grau de desempenho motor deve ser motivador de estudo por parte de profissionais da Educação Física e das Ciências do Exercício. Considerando que para a realização dessas habilidades específicas ao longo de períodos de longa duração seja em ensaios como em apresentações e espetáculos de dança há a necessidade de bom preparo físico, acredita-se que um estudo mais aprofundado sobre as capacidades físicas e motoras envolvidas na dança seja importante. De outra maneira, sabendo-se que em grupo de dança considerados profissionais a dedicação ao trabalho físico deve ser mais vigorosa buscando resultado de performance mais evidente e com menores riscos sugere-se que os níveis de aptidão física e desempenho motor sejam superiores aos grupos considerados amadores. Assim o objetivo desse trabalho descritivo exploratório projeto é analisar as diferenças entre níveis de aptidão física e desempenho motor de bailarinos participantes de grupos amadores e profissionais. A população será composta por integrantes de grupos de dança amadores e profissionais das cidades de Maringá, Campo Mourão e Londrina no estado do Paraná. A amostra será formada por todos os integrantes de grupos voluntários que consentirem em ser submetidos aos testes físicos e de desempenho motor. Como variáveis instrumentos de medida de aptidão física e desempenho motor serão realizados testes de aptidão cardiorespiratória (teste de corrida de 12 minutos), teste de resistência e força muscular localizada (resistência abdominal, dinamometria manual e flexão de braço), teste de potência muscular de membros inferiores (impulsão horizontal e vertical), flexibilidade linear e angular (teste Banco de Well´s e flexitest), assim como, análise de composição corporal identificando proporção de gordura e massa corporal magra (antropometria e impedância bioelétrica). Os dados serão analisados através da estatística descritiva com valores expressos em forma de média, desvio padrão e proporção de casos dentro dos níveis esperados para a atividade de dança. Para comparação entre grupo será utilizado o teste “t” de Student para amostra independente e ANOVA com nível de confiança de 95%. Espera-se que os grupos considerados profissionais apresentem níveis de aptidão física e desempenho motor superior dos amadores, bem como, os padrões encontrados nos grupos profissionais se tornem parâmetro para amadores visando melhor preparo, performance e segurança na atividade.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
Aparece nas coleções:V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
sergio_roberto_adriano_prati1 (2).pdf208.23 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.