EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/5732
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorKRUPEK, Tuane-
dc.creatorOLIVEIRA, Louriane Panucci de-
dc.creatorMORAES, Lilian Rosana dos Santos-
dc.creatorVIZONI, Silvana Lorenzi-
dc.date.accessioned2020-04-29T13:11:28Z-
dc.date.available2020-04-29T13:11:28Z-
dc.date.issued2011-10-25-
dc.identifier.isbn978-85-8084-055-1-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/5732-
dc.description.abstractO sistema linfático é uma via auxiliar do sistema cardiovascular, que capta o líquido dos espaços intersticiais e macromoléculas, e os transporta para o sangue. Após isso o sangue é filtrado pelos rins, mais especificamente pelas estruturas chamadas glomérulos, e a partir disso se forma a urina. A função da drenagem linfática manual é melhorar o fluxo da linfa que é conduzida pelo sistema linfático. Após a realização desta técnica, é comum alguns pacientes relatarem maior necessidade de micção, bem como um aspecto diferenciado na urina, não sendo encontrado na literatura que alterações possam ser. Foram realizadas doze sessões de drenagem linfática manual com a técnica de Leduc, em quatro indivíduos do gênero feminino, com idade entre 20-35 anos, e coleta da urina antes e após a técnica em frasco estéril de 700 mL, então foi realizada a análise das amostras pelo teste enzimático e colorimétrico de dosagem de triglicérides, e análise estatística dos dados com o teste t pareado, ANOVA e teste de Tukey. Com o primeiro não foi verificada significância estatística, já com a ANOVA verificou-se aumento do volume médio de urina após a drenagem linfática, e em relação ao volume de glicerol houve uma quantidade média maior nas amostras coletadas antes da drenagem, havendo diferença entre as participantes. Então, o teste de Tukey mostrou que a participante com menor média e que diferia das demais foi a que não realizou todas as sessões propostas, o que pode sugerir um efeito da drenagem linfática.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectAnálise laboratorialpt_BR
dc.subjectDrenagem linfáticapt_BR
dc.subjectUrinapt_BR
dc.titleANÁLISE LABORATORIAL DE URINA PÓS-DRENAGEM LINFÁTICApt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tuane_krupek.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no VII Encontro Internacional de Produção Científica (25 a 28 de Outubro de 2011)209.74 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.