EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3792
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSILVA, Amanda Cardoso da-
dc.creatorIRINEU, Nathalia Borges da Costa-
dc.creatorKURODA, Marcia Regina Pasquim-
dc.creatorSALVAGIONI, Denise Albieri Jodas-
dc.creatorARAUJO, Juliane Pagliari-
dc.creatorMEDEIROS, Fabiana Fontana de-
dc.date.accessioned2020-01-06T12:31:50Z-
dc.date.available2020-01-06T12:31:50Z-
dc.date.issued2019-10-30-
dc.identifier.isbn978-85-459-1960-5-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3792-
dc.description.abstractA higienização das mãos é reconhecida mundialmente como uma medida muito importante no controle de infecções relacionadas à assistência à saúde. Por esse motivo, tem sido considerada como um dos pilares da prevenção e do controle de infecções nos serviços de saúde. Trata- se de um estudo transversal, descritivo, o qual faz parte do projeto de extensão “Enfermagem na prevenção e controle de infecções do ambiente hospitalar” do Instituto Federal do Paraná. O estudo aconteceu em um hospital de médio porte do município de Londrina e consistiu em duas etapas: observação e intervenção. Os profissionais de saúde foram observados durante quatro dias do mês de maio de 2019, por alunos do curso técnico de enfermagem, quanto à higienização das mãos com água e sabão ou solução alcoólica. Foram observados pelos alunos 87 procedimentos de higienização das mãos, sendo destas 93% realizadas por técnicos de enfermagem. Dentre as oportunidades observadas, 41% poderiam ter higienizado as mãos após tocar no paciente, seguidos de 25% antes de tocar no paciente. Quanto à adesão dos profissionais de saúde na higienização das mãos, 78 (90%) não adotaram a prática mesmo após a exposição de uma das oportunidades/indicações para sua realização. Este estudo confirmou que a adesão dos profissionais para a prática de higiene das mãos ainda é baixa, devendo ser estimulada para tornar esses profissionais conscientes da importância de tal hábito.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectDesinfecção das mãospt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.subjectSegurança do pacientept_BR
dc.titleOPERAÇÃO MÃOS LIMPAS: ADESÃO DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE NA HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS EM UM HOSPITAL DE MÉDIO PORTEpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FABIANA FONTANA MEDEIROS.pdfTrabalho apresentado na modalidade painel no XI Encontro Internacional de Produção Científica (29 a 30 de outubro de 2019)230.68 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.