EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica X EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (24 à 26 de Outubro de 2017)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1141
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorROSA, Anne Caroline Santa-
dc.creatorNASCIMENTO, Joquebede Caroline Pessoa do-
dc.creatorSANT´ANA, Débora de Mello Gonçalves-
dc.creatorBUTTOW, Nilza Cristina-
dc.creatorSCHNEIDER, Larissa Carla Lauer-
dc.date.accessioned2019-08-06T12:10:12Z-
dc.date.available2019-08-06T12:10:12Z-
dc.date.issued2017-10-24-
dc.identifier.isbn978-85-459-0773-2-
dc.identifier.issn2594-4991-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1141-
dc.description.abstractA mucosa intestinal tem um papel importante no mecanismo de barreira contra a penetração de microorganismos. No entanto, Toxoplasma gondii invade as células epiteliais do intestine delgado, iniciando uma resposta imune local. Esta resposta promove um desbalanço nos neurotransmissores, na qual envolve o plexo submucoso, resultando em mudanças na integridade do epitélio e no papel secretor. No presente trabalho foi avaliado o comportamento das células da mucosa e dos neurônios submucosos do íleo durante diferentes tempos de infecção aguda pelo T. gondii.Quarenta ratos (60 dias de idade) foram aleatoriamente distribuídos em 8 grupos (n=5): não infectado (GC) e, infectados: 6 (GI6h), 12 (GI12h), 24 (GI24h), 48 (GI48h) e 72 horas (GI72h) e 7 (GI7d) e 10 dias (GI10d) de infecção com a inoculação de 5000 oocistos de T. gondii esporulados (cepa Me-49, genótipo II). Segmentos do íleo foram separados para o processamento histológico e, para as técnicas da histoquímica e imunofluorescência para quantificação das células epiteliais e células imunes da mucosa do íleo e dos neurônios submucosos HuC/D-IR e VIP-IR. Nossos resultados demostraram uma perda neuronal gradativa ao longo da infeção e também mudanças fenotípicas dos neurônios VIPérgicos. Estas mudanças podem estar relacionadas com a redução das células caliciformes e o crescimento dos linfócitos intraepitelais e das células imunes da lamina própria. A infecção aguda pelo T. gondii no íleo de ratos Wistar promove mudanças dos neurônios VIPérgicos ao longo da infecção, que pode estar relacionadas com as alterações das células epiteliais e de defesa da mucosa intestinal.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectNeurônios submucosospt_BR
dc.subjectVIPpt_BR
dc.subjectintestino delgadopt_BR
dc.subjecttoxoplasmose intestinalpt_BR
dc.subjectfase agudapt_BR
dc.titleINDÍCIOS DE INFLAMAÇÃO NEUROGÊNICA NA MUCOSA DO ÍLEO DE RATOS Wistar DURANTE A INFECÇÃO AGUDA POR Toxoplasma gondiipt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:X EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (24 à 26 de Outubro de 2017)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
epcc--80381.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no X Encontro Internacional de Produção Científica (24 a 26 de outubro de 2017)591.94 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.