EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica IV EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (19 a 22 de Outubro de 2005)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7492
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorFRANÇA, Maressa Furlan Vieira-
dc.creatorGOMES, Geni Col-
dc.creatorALTMEYER, Cleidionara-
dc.creatorBARBOSA, Samara dos Santos-
dc.date.accessioned2021-02-15T17:05:43Z-
dc.date.available2005-10-19-
dc.date.available2021-02-15T17:05:43Z-
dc.date.issued2005-10-19-
dc.identifier.otherPresencialpt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7492-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectPsicologia social-comunitáriapt_BR
dc.subjectPsicomotricidadept_BR
dc.subjectEstágio básicopt_BR
dc.titleRELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO BÁSICOpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEste trabalho é um relato de experiência do Estágio Básico de Psicologia Social e Psicologia da Saúde, do segundo ano do curso de Psicologia do Centro Universitário de Maringá, que ocorreu em 2004 em parceria com o Centro Integrado de Atividades Culturais e Artísticas (CIACA), de Maringá – Paraná. Este Centro funciona em contra-turno escolar e assiste crianças e adolescentes entre sete a quatorze anos em situação de vulnerabilidade social. Este trabalho teve como objetivo para o acadêmico conhecer e interagir com um determinado grupo social, buscando articular conhecimentos teóricos e práticos das referidas disciplinas. Para o grupo social os objetivos foram definidos através de observações participantes em sala-de-aula e pátio de recreio, conversas informais com os educadores de base e educadores sociais, em que pode-se percebeu que entre muitas das dificuldades das crianças uma delas era em relação a coordenação motora geral do corpo. Com base nesta necessidade, as estagiárias elaboram um projeto de intervenção social cujo objetivo foi promover interações e vivências afetivas através de atividades psicomotoras. Os referenciais teóricos adotados foram a fundamentos da psicologia social comunitária e estudos sobre a psicomotricidade. Os recursos utilizados foram à aplicação de atividades psicomotoras e brincadeiras infantis diversas. Participaram do projeto dezesseis crianças entre as idades de sete a oito anos. Para a seleção das atividades as estagiárias adotaram como critério: atividades apropriadas à idade das crianças e relacionadas à dificuldade psicomotora das mesmas. Com o desenvolvimento deste projeto de estágio básico não se pode dizer que a houve uma melhora significativa na psicomotricidade desse grupo de crianças, este é um trabalho que teria que ter continuidade e não se esgotar apenas no estágio. No entanto, não se pode desconsiderar alguns pontos positivos como o de ter proporcionado uma maior interação entre aquelas crianças e espaços para a manifestação espontânea da afetividade. Para as estagiárias a experiência foi muito gratificante porque possibilitou estabelecer contato com um grupo de crianças que apresenta necessidades e dificuldades semelhantes, embora este gripo represente uma porção minúscula da nossa sociedade. Uma das coisas mais significativas deste estágio foi à oportunidade de vivenciar na prática aquilo que estava sendo estudado em sala-de-aula.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
Aparece nas coleções:IV EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (19 a 22 de Outubro de 2005)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
maressa_furlan_vieira_franca3.pdf12.17 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.