01 - CAMPUS MARINGÁ 1. TCC AGRONOMIA
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7398
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSALVADOR, João Victor Ribeiro-
dc.date.accessioned2021-02-12T16:35:55Z-
dc.date.available2021-02-12-
dc.date.available2021-02-12T16:35:55Z-
dc.date.issued2021-02-12-
dc.identifier.citationSALVADOR, João Victor Ribeiro. Avaliação dos métodos de propagação assexuada na produção de mudas de pera. 14f. 2020. Unicesumar - Universidade Cesumar: Maringá 2020pt_BR
dc.identifier.otherPresencialpt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/7398-
dc.description.abstractThe pear is considered an important alternative for diversifying the production of temperate fruit in the southern region of Brazil. Mainly due to the edaphoclimatic conditions conducive to its cultivation and the infrastructure established by the apple production chain. However, attempts to produce the fruit in greater quantity and quality have resulted, in most cases, in technically and economically deficient orchards. Taking into account the need for pear cultivation in new studies to improve its production system, the objective of this work is to evaluate the vegetative propagation of pear seedlings using the grafting and merging methods. The work was carried out in the Recanto Salvador farm between May and December 2020, in the city of Maringá-PR. In the farm there is a pear tree in production for approximately 4 years, this plant was used as a matrix to evaluate the asexual propagation methods to be studied in this experiment. Two treatments were evaluated using the graft propagation method and two methods in Alporquia. Each treatment contained 5 repetitions, the experimental unit being one plant per 20 L pot, filled with sand and substrate. The design was in blocks, with the pots grown in an open field. It is concluded through this work that in relation to the asexual propagation methods of layering and grafting, respectively, it is of essential importance for the regeneration of the graft that indolburic acid is used for better development of the aerial part and mineral fertilizer on the substrate for the best development root.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCultura da Perapt_BR
dc.subjectEstaquiapt_BR
dc.subjectMergulhiapt_BR
dc.subjectPropagação vegetativapt_BR
dc.titleAvaliação dos métodos de propagação assexuada na produção de mudas de perapt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.contributor.advisor1COSTA, Tiago Ribeiro da-
dc.contributor.referee1COSTA, Tiago Ribeiro da-
dc.contributor.referee2TEIXEIRA, Thaise Moser-
dc.contributor.referee3OLIVEIRA, João Olavo Almeida Prado de-
dc.description.resumoA pereira é considerada uma importante alternativa para diversificação da produção de frutas de clima temperado na região Sul do Brasil. Principalmente devido às condições edafoclimáticas propícias ao seu cultivo e na infraestrutura estabelecida pela cadeia produtiva da maçã. Porém, as tentativas de produzir a fruta em maior quantidade e qualidade resultaram, na maioria das vezes, em pomares técnica e economicamente deficitários. Levando em consideração a necessidade da cultura da pera e novos estudos para aperfeiçoar seu sistema produtivo, o objetivo deste trabalho é avaliar a propagação vegetativa de mudas de pera através dos métodos de Enxertia e Mergulhia. O trabalho foi realizado na chácara Recanto Salvador no período de maio a dezembro de 2020, no município de Maringá-PR. Na referida chácara há uma pereira em produção há aproximadamente 4 anos. Está planta foi utilizada como matriz para avaliação dos métodos de propagação assexuada estudados neste experimento. Foram avaliados dois tratamentos no método de propagação Enxertia e dois no método Alporquia. Cada tratamento conteve 5 repetições, sendo a unidade experimental uma planta por vaso de 20 L, preenchido com areia e substrato. O delineamento foi de blocos, sendo os vasos cultivados em campo aberto. Conclui-se, através deste trabalho que, em relação aos métodos de propagação assexuada de alporquia e enxertia, respectivamente, é de essencial importância para regeneração do enxerto que se utilize ácido indolburico para melhor desenvolvimento da parte área e adubo mineral sobre o substrato para o melhor desenvolvimento radicular.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApt_BR
Aparece nas coleções:AGRONOMIA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SALVADOR, João Victor Ribeiro.pdfArtigo apresentado ao Curso de Graduação em Agronomia da UNICESUMAR – Universidade Cesumar como requisito parcial para a obtenção do título de Bacharel(a) em Agronomia, sob a orientação do Prof. Ms. Tiago Ribeiro da Costa. MARINGÁ – PR 2020384.42 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.