EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6922
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSANTOS, Willian Menq dos-
dc.creatorROSADO, Fábio Rogério-
dc.date.accessioned2021-01-28T19:15:15Z-
dc.date.available2007-10-23-
dc.date.available2021-01-28T19:15:15Z-
dc.date.issued2007-09-23-
dc.identifier.issn9788561091002pt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6922-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAves de rapinapt_BR
dc.subjectFalconiformespt_BR
dc.subjectOrnitologiapt_BR
dc.titleBIOLOGIA DO GAVIÃO CARIJÓ NA CIDADE DE MARINGÁpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO Gavião Carijó (Buteo magnirostris) ave de rapina de pequeno porte com aproximadamente 36 cm de comprimento, está presente em todo o Brasil, é o gavião mais comum do País, encontrado também desde o México até a Argentina. Habita campos com árvores, bordas de florestas, capoeiras, cidades, margens de rios e lagos. Vive solitário ou aos pares. Sobrevoa cidades em vôos circulares, geralmente aos casais, emitindo seu canto, alimentam-se de artrópodes, pequenos lagartos, cobras e pássaros e roedores, apesar de carnívoro, é um predador oportunista sempre procurando presas mais fáceis como filhotes e animais debilitados. O objetivo principal deste trabalho é apresentar informações sobre o gavião carijó, aspectos de seu comportamento, alimentação, reprodução, na cidade de Maringá, já que pouco se sabe do comportamento dessa espécie no município. A espécie é muito comum na região, podendo facilmente ser visto sobrevoando a cidade vocalizando o ano todo. Sabe-se que a espécie se reproduz na cidade, já que foram reportados ataques as pessoas no período de reprodução, pois se trata de um animal bastante agressivo defendendo seu ninho por qualquer animal que se aproxime do local. Sua presença está associada ao desmatamento de seu habitat natural e pela fácil adaptação que a espécie tem no meio urbano, sendo uma das poucas espécies que sofreram impactos pelo homem. O levantamento dos dados será feito no Município de Maringá – PR, com observações semanais em diversos pontos da cidade. Espera-se obter informações de sua biologia e seu Status na cidade. Essas observações permitirão inferir informações para a conservação da espécie na cidade de Maringá.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
Aparece nas coleções:V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
willian_menq_dos_santos2 (2).pdf29.83 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.