EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6868
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorLEMOS, Simone-
dc.creatorBARBOSA, Suzei Helena Tardivo-
dc.creatorURBANO, Giseli Botini-
dc.creatorMATOS, Jéssica Carvalho de-
dc.date.accessioned2021-01-28T13:28:48Z-
dc.date.available2007-10-23-
dc.date.available2021-01-28T13:28:48Z-
dc.date.issued2007-10-23-
dc.identifier.issn9788561091002pt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6868-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCâncer de mamapt_BR
dc.subjectRelacionamento familiarpt_BR
dc.subjectAssistência de enfermagempt_BR
dc.subjectFamíliapt_BR
dc.titleCÂNCER DE MAMA:PERSPECTIVAS SOBRE AS RELAÇÕES FAMILIARESpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO câncer de mama atualmente é considerado um grave problema de saúde pública devido às altas taxas de morbi-mortalidade entre mulheres (CONDE et al., 2006). Este tipo de câncer quando diagnosticado em estágio inicial tem bom prognóstico, porém freqüentemente, é diagnosticado em estágios avançados dificultando as chances de cura e diminuindo a sobrevida. Como conseqüências da doença observam-se o medo da desfiguração e da morte, assim como profundo impacto psicosocial na vida das mulheres e de seus familiares, mesmo diante de um prognóstico otimista (BERGAMASCO et al., 2001). Este estudo visou apreender a percepção da mulher portadora de câncer de mama sobre as alterações na dinâmica familiar após o diagnóstico. Trata-se de um estudo descritivo, de natureza qualitativa, realizado junto a oito mulheres portadoras de câncer de mama que freqüentam a APDE (Associação dos Portadores de Doença Especial de Paranavaí). Os dados foram coletados no mês de junho de 2007, através de entrevista semi-estruturada, gravada após consentimento. Para a análise, as entrevistas foram transcritas na íntegra e submetidas a um processo de análise do discurso, com categorização das respostas. Os resultados revelam aspectos da trajetória de vida após o diagnóstico e as mudanças ocorridas na vida familiar, ficando explícito a existência de um desespero inicial por ocasião do diagnóstico, a importância do apoio e presença da família, a frustração em relação ao comportamento de alguns membros familiares, entre outros. Observou-se que na maior parte dos casos, ocorreu um fortalecimento dos laços familiares.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
Aparece nas coleções:V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
simone_lemos.pdf239.14 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.