EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6702
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPEREIRA, Aline Paula-
dc.creatorMELO, Emanuele Pereira de-
dc.creatorRIBEIRO, Fernanda Gonçalves-
dc.creatorFRANCISCO, Lais Daiane-
dc.creatorMARATTI, Tatiana-
dc.date.accessioned2021-01-25T12:43:10Z-
dc.date.available2007-10-23-
dc.date.available2021-01-25T12:43:10Z-
dc.date.issued2007-10-23-
dc.identifier.issn9788561091002pt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6702-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjecttenção básicapt_BR
dc.subjectPaciente oncológicopt_BR
dc.subjectPrograma saúde da família;pt_BR
dc.titleO CUIDADO PRESTADO AO PACIENTE ONCOLÓGICO PELA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL DO PROGRAMA SAÚDE DA FAMÍLIApt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoO Programa Saúde da Família – PSF foi implantado no Brasil em 1994, caracterizando-se como uma estratégia que prioriza as ações de promoção e recuperação da saúde dos indivíduos e da família, do recém-nascido ao idoso, sadios ou doente, de forma integral e contínua. O câncer é uma classe de doenças caracterizadas pelo crescimento descontrolado de células aberrantes. O PSF deve em sua atuação abranger todos os tipos de pacientes, com suas mais diferentes necessidades. O objetivo é identificar como é o cuidado prestado pela equipe do PSF sob a ótica do paciente oncológico em sua área de abrangência. O estudo de caráter quantitativo foi desenvolvido com 15 pacientes oncológicos, atendidos pelas equipes do PSF de duas Unidades Básicas de Saúde (UBS), do noroeste do Estado do Paraná. A coleta de dados ocorreu durante os meses de julho e agosto de 2007, através de um questionário individual. Os resultados demonstraram que 13% não recebem nenhuma visita, 53% recebem 1 visita, 27% recebem 2 visitas e 7% recebem 3 visitas ou mais ao mês. Quanto aos profissionais que já fizeram a visita os agentes comunitários de saúde, estão em 100%, os auxiliares de enfermagem 40%, o enfermeiro em 27% e os médicos estão presentes em 13%. Pode-se notar que 53% receberam orientação sobre a nutrição e exercícios físicos, 60% sobre o uso correto das medicações, em 40% foram verificados os sinais vitais e 27% dos pacientes receberam orientação quanto à diminuição dos efeitos colaterais.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
Aparece nas coleções:V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
lais_daiane_francisco.pdf245.92 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.