EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6584
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorHOLLAND, Eva Beatriz-
dc.date.accessioned2021-01-21T16:54:38Z-
dc.date.available2007-10-23-
dc.date.available2021-01-21T16:54:38Z-
dc.date.issued2007-10-23-
dc.identifier.issn9788561091002pt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6584-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectAntropologia da Artept_BR
dc.subjectTeatro do absurdopt_BR
dc.subjectQorpo-santopt_BR
dc.subjectGrupo qorpopt_BR
dc.titleDE CORPO À QORPO: PRODUÇÃO E PERCEPÇÃO DE PERFORMANCES CORPORAISpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoEste trabalho visa a discussão a respeito de dois pontos: a) a interferência do indivíduo sobre a produção artística da cultura em que ele está inserido; b) e a influência desta mesma produção sobre a formação cultural do indivíduo. A análise é feita a partir da maneira pela qual o produtor artístico vê o público a que se destina sua arte, e a recepção do público que a contempla. Tudo isto considerando o período histórico e social no qual é produzida e, sobretudo, a herança cultural possuída pela sociedade. O principal objeto de análise é a produção teatral no Brasil, a partir da segunda metade do século XX, após a influência de dramaturgos franceses do chamado “Teatro do Absurdo” que possibilitaram uma nova maneira cênica e dramatúrgica de representação. Dramaturgia que passou a valorizar a idéia em lugar da forma, criando uma estética própria, sobretudo em relação à produção performática e simbólica não verbal. Esta discussão é conduzida pela análise teórica de alguns autores da escola sócio-antropológica francesa, dentre os quais destaco Marcel Mauss e Pierre Bourdieu, e ainda o antropólogo americano Cliford Geertz. O trabalho de campo contempla as instalações e performances da segunda formação do grupo Qorpo, da Unioeste de Toledo, grupo teatral com o nome de Qorpo-Santo, considerado o precursor do “Teatro do Absurdo”. Aos trabalhos realizados nos anos de 2005 e 2006 pelo grupo, comparo as idéias propostas pelo diretor, diferentes visões quanto a idéia do texto e sua materialização através das performances na percepção de membros do grupo e depoimentos do público, que compreende acadêmicos de diversos cursos de graduação daquela universidade, com relação a compreensão do texto não verbal.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
Aparece nas coleções:V EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica ( 23 a 26 de Outubro de 2007)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
eva_beatriz_holland.pdf231.45 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.