EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (27 a 30 de Outubro de 2009)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6258
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorOLIVEIRA, Vanessa Dias de-
dc.creatorPROVENZANO, Maria Gisette Arias-
dc.date.accessioned2020-10-06T16:56:34Z-
dc.date.available2020-10-06T16:56:34Z-
dc.date.issued2009-10-27-
dc.identifier.issn9788561091057pt_BR
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/6258-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCarie dentariapt_BR
dc.subjectPrevençãopt_BR
dc.subjectSelantespt_BR
dc.titleAVALIAÇÃO CLÍNICA DOS SELANTES MOLARES DECÍDUOS RE ALIZADOS COM CIMENTO DE IONÔMERO DE VIDRO MODIFÍCADO POR RESINA (VITREMER) NA CLÍNICA DE BEBÊS DO CESUMARpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.description.resumoA aplicação de selantes em fóssulas e fissuras pode ser considerada, como um dos maiores avanços científicos obtidos dentro da odontologia preventiva. O sucesso clínico do selamento está diretamente relacionado com a adoção de uma técnica de aplicação extremamente acurada, assim como com o controle periódico das superfícies que o receberam. (SUNDFELD, et al.2002.). Este projeto executa medidas preventivas no controle da cárie dentária oclusal, no qual aplicações de selantes são procedimentos comuns nos molares decíduos nos bebês da clínica. Entre os materiais disponíveis para este procedimento, o cimento de ionômero de vidro modificado por resina, pelas propriedades benéficas, é o mais comumente usado na Clínica do Bebê. Embora o selante resinoso também seja uma opção, mas requer um campo totalmente seco, o que dificulta sua aplicação em crianças menores. Neste estudo serão analisadas crianças da Clinica de Bebês do Centro Universitário de Maringá - PR (Cesumar) que receberam o selamento de fossas e fissuras com cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Vitremer-3M) nos molares decíduo, serão selados um molar superior do lado direito e outro inferior do lado esquerdo, os molares 1˚ ou 2˚ antagonistas serão mantidos sem selamento para grupo controle, após 6 e 12 meses estes serão avaliados. Irão participar deste estudo clínico 30 crianças com idades entre 24 e 60 meses de idade de ambos os gêneros desde que participem da clinica de Bebês do Cesumar, tendo como objetivo, avaliar a eficácia clínica do cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Vitremer – 3M), utilizado como selante realizados em dentes decíduos, na clínica de Bebês do CESUMAR, no período de 6 e 12 meses. Como resultado espera-se encontrar proteção frente a cárie dentária nos dentes selados em relação ao grupo controle.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUNICESUMARpt_BR
Aparece nas coleções:VI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (27 a 30 de Outubro de 2009)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Vanessa_Dias_Oliveira.pdfTrabalho apresentado no VI Encontro Internacional de Produção Cientifica (27 a 30 de outubro de 2009)49.37 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.