EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/5730
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorLUCIO, Carina C. F.-
dc.creatorRUAS, Eduardo A.-
dc.creatorRODRIGUES, Luana A.-
dc.creatorVIDOTTO, Thiago-
dc.creatorRUAS, Claudete F.-
dc.date.accessioned2020-04-29T13:06:47Z-
dc.date.available2020-04-29T13:06:47Z-
dc.date.issued2011-10-25-
dc.identifier.isbn978-85-8084-055-1-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/5730-
dc.description.abstractO gênero herbáceo Hypochaeris apresenta características que o permitem ser um interessante modelo para o estudo da evolução e biogeografia em plantas. O gênero exibe uma distribuição disjunta, com mais de 15 representantes na região Mediterrânea e aproximadamente 50 na América do Sul. A irradiação do gênero Hypochaeris aparentemente ocorreu a partir de uma única espécie ancestral, através de eventos de dispersão a longa distância. Neste trabalho, foram desenvolvidos e caracterizados um conjunto de 12 loci de microssatélites através de uma biblioteca enriquecida utilizando o método de captura e hibridização para a espécie H. chillensis para avaliar a variabilidade genética e os padrões da estrutura populacional entre as áreas de distribuição dessa espécie no Brasil. A genotipagem de 50 indivíduos dessa espécie revelou um nível moderado de polimorfismo, com um total de 32 alelos. O número de alelos variou de um até cinco, com uma média de 1.29 alelos por locus. Todos os pares de primers foram testados para transferência em outras dez espécies adicionais do gênero e para o possível ancestral do grupo, H. angustifolia. A transferência teve sucesso na maioria das espécies sul-americanas, bem como para alguns primers na espécie ancestral. Os loci microssatélites caracterizados podem ser utilizados para a avaliação da estrutura genética de populações em H. chillensis e a sua aplicação em outras espécies focará na compreensão dos processos evolutivos de irradiação adaptativa do gênero desde a sua colonização na América do Sul.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectEstrutura de populaçõespt_BR
dc.subjectHypochaerispt_BR
dc.subjectMicrossatélitespt_BR
dc.subjectPolimorfismopt_BR
dc.titleCARACTERIZAÇÃO DE 12 LOCI MICROSSATÉLITES PARA A ESPÉCIE HYPOCHAERIS CHILLENSIS (ASTERACEAE) E A SUA TRANSFERÊNCIA EM 10 ESPÉCIES SUL-AMERICANAS E UMA ESPÉCIE EUROPÉIApt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
thiago_vidotto.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no VII Encontro Internacional de Produção Científica (25 a 28 de Outubro de 2011)119.39 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.