EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4662
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSANTOS, Ana Carolina Tinoco Neves dos-
dc.creatorGANEM, Keila Mary Gabriel-
dc.date.accessioned2020-01-30T12:07:21Z-
dc.date.available2020-01-30T12:07:21Z-
dc.date.issued2011-10-25-
dc.identifier.isbn978-85-8084-055-1-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4662-
dc.description.abstractA partir da relação entre a criminalidade, o transtorno da personalidade anti- social e a imputabilidade penal, o objetivo principal desta pesquisa vem a ser elaborar de forma clara e precisa uma resposta a partir de tal relação entre os três institutos acima apresentados. Assim, temos como objetivo especifico e tão importante quanto o principal o levantamento de casos de transtorno da personalidade anti- social na Penitenciária Estadual de Maringá –PR, fazendo uma analise e coletando dados dos prontuários de indivíduos já condenados. Esperando, desta maneira, ver realmente a relação dos três institutos na referida penitenciária e o que levam os condenados a praticar delitos e quais são os mais praticados.Será utilizado como método para obtenção dos resultados uma pesquisa documental, onde o projeto será enviado ao Comitê de Ética, após sua aprovação será feito um primeiro contato com a Penitenciária Estadual de Maringá –PR, expondo quais são os objetivos e procedimentos adotas na pesquisa, solicitando então ao Diretor da PEM uma autorização para que seja possível a realização da referida pesquisa.Inicialmente será realizada uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados eletrônica e fontes primárias e em seguida será realizada uma pesquisa documental, a partir dos prontuários dos sujeitos apenados entre os anos de 2005 a 2010 identificando os portadores de transtorno de personalidade anti-social e o crime cometido.Após a analise dos prontuários, os dados serão tabulados no programa Excel. Especificar a metodologia.Ao termino da pesquisa espera-se levantar os casos em que a criminalidade tem relação com transtorno da personalidade anti-social, usando como base as informações colhidas da Penitenciária Estadual de Maringá –PR, e mais do que isso, tentar ver se existe um elo entre o crime praticado e o transtorno mental já mencionado, bem como, se há o entendimento acerca da imputabilidade penal.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectTranstornopt_BR
dc.subjectPersonalidadept_BR
dc.subjectPsicopatiapt_BR
dc.subjectCriminologiapt_BR
dc.titleLEVANTAMENTO DA INCIDÊNCIA DE PORTADOR DE TRANSTORNO DE PERSONALIDADE ANTI-SOCIAL NA PENITENCIARIA ESTADUAL DE MARINGÁ –PRpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:VII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (25 à 28 de Outubro de 2011)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ana_carolina_tinoco_neves_santos.pdfTrabalho apresentado na modalidade grupo de discussão no VII EPCC Encontro Internacional de Produção Científica (25 a 28 de outubro de 2011)121.4 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.