01 - CAMPUS MARINGÁ 1. TCC AGRONOMIA
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4637
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMARQUES, Guilherme-
dc.creatorTERNISKI, Wallison José-
dc.date.accessioned2020-01-27T13:10:48Z-
dc.date.available2020-01-27T13:10:48Z-
dc.date.issued2019-12-05-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4637-
dc.description.abstractObjetivou-se analisar a eficiência do fungicida azoxistrobina em conjunto com multissítios mancozeb e clorotalonil após a simulação de chuva em diferentes períodos para controle da mancha-alvo na soja. O experimento foi realizado na empresa Fortgreen Comercial Agrícola S.A no município de Paiçandu – PR. Foi semeado 5 sementes por vasos de 2 kg, com a mistura de solo e areia na proporção de 3:1, sem nenhum tipo de adubação ou tratamento químico. O experimento foi conduzido em Delineamento Inteiramente Casualizado (DIC), com 20 tratamentos e 5 repetições e as aplicações foram do tipo CO₂, com 40 bar de pressão no bico tipo cone, conforme as dosagens comerciais recomendadas para o controle de mancha-alvo. Utilizou-se os fungicidas azoxistrobina de forma isolada, azoxistrobina + mancozeb e azoxistrobina + clorotalonil. Após a aplicação foram submetidos a simulações de chuva com duração de 15 minutos numa intensidade de 1mm/min, em diferentes tempos 0,5; 1; 2 horas após a aplicação. Foi analisado a severidade da doença no trifólio inoculado e verificada a Área Abaixo da Curva de Progresso da Doença (AACPD). O uso do fungicida clorotalonil sem associação com chuva após a aplicação causou fitotoxicidade na cultura da soja. A aplicação de azoxistrobina + mancozeb e azoxistrobina + clorotalonil de acordo a AACPD obtiveram resultados significativamente diferentes, sendo que o Mancozebe em associação com o sistêmico mostrou melhor controle no progresso da doença. A chuva foi um fator que interferiu nessa eficiência, sendo que o molhamento 0,5 hora após a aplicação do multissítio mancozenbe+ azoxistrobina foi um fator que interferiu no aumento da severidade.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectFungicidapt_BR
dc.subjectFungopt_BR
dc.subjectPrecipitação pluviométricapt_BR
dc.titleAVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE FUNGICIDAS SISTÊMICOS ASSOCIADOS A MULTISSÍTIOS APÓS SIMULAÇÃO DE CHUVA NO CONTROLE DE MANCHA-ALVO (Corynespora cassiicola) NA CULTURA DA SOJA (Glicine max L. Merrill)pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.contributor.advisor1ZULIANI, Aline Maria Orbolato Gonçalves-
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:AGRONOMIA

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GUILHERME MARQUES E WALLISON JOSÉ TERNISKI.pdfTrabalho de conclusão de curso de graduação apresentado ao Centro de Ciências Exatas, Tecnológicas e Agrárias da UNICESUMAR - Centro Universitário de Maringá como requisito parcial para a obtenção do título de bacharel em Agronomia, sob a orientação da Profa. Dra. Aline Maria Orbolato Gonçalves Zuliani345.07 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.