EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VIII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (22 à 25 de Outubro de 2013)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4417
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorBOZELLI, Filipe Cesar Amaral-
dc.creatorAMARAL, Marcelo Augusto-
dc.date.accessioned2020-01-17T20:42:07Z-
dc.date.available2020-01-17T20:42:07Z-
dc.date.issued2013-10-22-
dc.identifier.isbn978-85-8084-603-4-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4417-
dc.description.abstractA determinação das alterações dentais causadas pelo consumo de produtos à base de soja e a utilização de outros produtos incorporados à dieta, como o açúcar é de grande relevância para a identificação de crianças que apresentam sinais e sintomas que as tornam de alto risco para desenvolver as patologias que acometem sua saúde bucal. Este projeto teve como objetivo identificar as alterações na dentição decídua, como lesões de cárie e necessidades de tratamento, causados pela ingestão contínua e frequente de alimentos ou bebidas que contenham em sua composição proteínas da soja, devido a concentração de açúcar e pH desses alimentos. Foram examinadas 50 crianças de três a seis anos atendidas na Clínica do Bebê da Unicesumar, por meio de um exame clínico detalhado. Foi realizado o preenchimento de uma ficha de anamnese com questões objetivo- descritivo, para avaliar possíveis fatores genéticos, ambientais, predisponentes e sistêmicos (intolerância à lactose) entre outros que influenciam no desenvolvimento da condição avaliada. Foi realizado um estudo epidemiológico das supostas alterações (cárie e necessidades de tratamento) para entender a relação da soja e possíveis alterações às estruturas dentárias destes sujeitos de pesquisa. Foram utilizados os critérios de diagnóstico da Organização Mundial de Saúde. Utilizou- se um Termo de Consentimento aos responsáveis por cada criança e uma ficha para exame do índice ceo e necessidades de tratamento e que foram avaliados pelo programa Bioestat 4.0. Como resultados, 74,0% das crianças de cinco anos se encontraram com cárie e necessitavam de tratamentos, sendo estes indicadores das condições bucais considerados altos. A comparação destes dados, com um estudo com crianças de seis anos realizado em 2004 na cidade de Maringá mostrou uma grande diferença, pois o índice ceo dessas crianças foi de 1,8, enquanto o índice dos avaliados neste estudo foi de 3,7. Conclui- se a necessidade da existência de programas educativo- preventivos e maior acesso ao consultório odontológico para crianças que utilizam alimentos à base de soja.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectDentição decíduapt_BR
dc.subjectIntolerância à lactosept_BR
dc.subjectPropriedades da sojapt_BR
dc.titleALTERAÇÕES NA DENTIÇÃO HUMANA CAUSADAS PELA INGESTÃO DE ALIMENTOS À BASE DE SOJApt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:VIII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (22 à 25 de Outubro de 2013)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Filipe_Cesar_Amaral_Bozelli.pdfTrabalho apresentado na modalidade painel no VIII Encontro Internacional de Produção Científica (22 a 25 de outubro de 2013)303.18 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.